Imola e Portimão concorrem à vaga do GP do Vietnã no calendário da Fórmula 1

Corrida no país asiático foi cancelada em 2020 por causa da pandemia e perdeu força no ano que vem após prisão de um dos organizadores

No maior calendário já divulgado pela F1, com 23 corridas em 2021, a quarta etapa (25 de abril) está sob confirmação. A vaga, inicialmente destinada do GP do Vietnã, agora é disputada entre Imola e Portimão, que sediaram os GPs da Emilia-Romagna e de Portugal, respectivamente, em 2020. Segundo o site "RaceFans", no cenário atual, o circuito italiano leva vantagem nas negociações.

Além de o GP do Vietnã ter sido cancelado neste ano em função da pandemia, a etapa perdeu força no calendário do ano que vem após a prisão de um dos dirigentes do evento, que estava diretamente envolvido na organização da corrida.

Ao que tudo indica, o GP da Turquia foi cogitado, porém teria mais dificuldades em concorrer à vaga em função do Ramadã (mês no qual a maior parte dos muçulmanos pratica o seu jejum ritual), que será realizado entre 12 de abril e 12 de maio, em 2021.

Caso Imola garanta a vaga, o circuito voltará a ao tradicional posto de sede da primeira corrida europeia do calendário, função que desempenhou entre as temporadas de 1981 e 2006 sob a alcunha de GP de San Marino.

Em 2020, título da Mercedes em Imola

Numa corrida tumultuada em Imola, Lewis Hamilton conquistou a 93ª vitória na Fórmula 1 no GP da Emilia-Romagna. O inglês ainda ajudou a Mercedes a garantir o inédito heptacampeonato consecutivo de construtores. Valtteri Bottas, que havia largado na pole e liderado as primeiras voltas, terminou em segundo apesar de problemas no assoalho o carro, e Daniel Ricciardo completou o pódio, em terceiro, com a Renault, o segundo do australiano com a equipe francesa.

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p