Fifa sorteia os grupos da Copa do Mundo nesta sexta; veja os detalhes

Brasil é cabeça de chave e pode ter Holanda ou Alemanha no seu caminho; veja os potes e possíveis adversários da Seleção no Catar

O Brasil vai conhecer nesta sexta-feira os seus adversários na fase de grupos da Copado Mundo. Com a Seleção líder do ranking e cabeça de chave, a Fifa sorteia, em Doha, no Catar, as chaves para o Mundial, que começa no dia 21 de novembro e vai até o dia 18 de dezembro deste ano.

As posições do ranking atualizado orientam a divisão dos potes. O Brasil está no pote 1 ao lado da seleção anfitriã, o Catar, a Bélgica, França, Argentina, Inglaterra, Espanha e Portugal. A tetracampeã mundial Alemanha e a Holanda, três vezes finalista, estão no pote 2 e podem ser adversárias do time brasileiro.

Veja como ficaram os potes da Copa do Mundo:

  • CABEÇAS DE CHAVE: Catar, Brasil, Bélgica, França, Argentina, Inglaterra, Espanha, Portugal
  • POTE 2: Holanda, Alemanha, Dinamarca, México, Estados Unidos, Suíça, Uruguai, Croácia
  • POTE 3: Senegal, Irã, Japão, Sérvia, Polônia, Coreia do Sul, Marrocos, Tunísia
  • POTE 4: Canadá, Equador, Arábia Saudita, Gana, Camarões, classificados da repescagem

Para o sorteio, há algumas restrições:

  • Com exceção da Europa, países do mesmo continente não caem no mesmo grupo.
  • É possível no máximo dois europeus por grupo – são cinco grupos com cinco europeus, e três com um.
  • Os três classificados que serão definidos em junho cairão no pote 4.
  • O bloqueio entre países do mesmo continente também funciona para quem viera das repescagens. Por exemplo: o vencedor de Peru x Austrália/Emirados Árabes não entra no grupo do Brasil ou de uma seleção asiática.

De onde vêm as três últimas seleções?

Os três últimos classificados para a Copa do Mundo sairão de jogos em confronto único em junho. A repescagem mundial será no Catar. Peru e Nova Zelânida estão garantidos. Na Europa, País de Gales vai aguardar o vencedor da partida entre Escócia e Ucrânia.

Veja os jogos decisivos de junho:

  • Costa Rica x Nova Zelândia
  • País de Gales x Escócia/Ucrânia
  • Peru x Austrália/Emirados Árabes

Como vai ser a cerimônia?

Cerca de 2 mil convidados, entre eles todos os treinadores das seleções classificadas, acompanharão o evento em Doha. O sorteio vai ser conduzido pela meio-campista norte-americana Carli Lloyd, pelo ex-jogador inglês Jermaine Jenas e a jornalista inglesa Samantha Johnson.

Ex-jogadores e treinadores auxiliarão no sorteio, entre eles Cafu (Brasil), Lothar Matthäus (Alemanha), Adel Ahmed MalAllah (Catar), Ali Daei (Irã), Bora Milutinovic (Sérvia/México), Jay-Jay Okocha (Nigéria), Rabah Madjer (Argélia) e Tim Cahill (Austrália).

As grandes ausências

Um seleção de craques não vai poder jogar a Copa do Mundo, mas a principal ausência é um país. Pela segunda vez seguida, a tetracampeã Itália ficou fora do torneio. A sequência é inédita na história da Azzurra. Além de Donnarumma, Bonucci, Chiellini, Jorginho, Verratti, Insigne e Immobile, outros grandes nomes do futebol não vão ao Catar.

A lista de ausências de destaque tem Haaland (Noruega), Alaba (Áustria), Ibrahimovic (Suécia), Oblak (Eslovênia), Cuadrado e Luis Díaz (Colômbia), Alexis Sánchez e Vidal (Chile), Salah (Egito), Aubameyang (Gabão), Haller (Costa do Marfim), Osimhen (Nigéria) e Mahrez (Argélia).