Federer conquista o octa e se isola como maior campeão de Wimbledon

Suíço fatura 19º título de Grand Slam com vitória por 3 sets a 0 sobre croata Marin Cilic, em torneio na Inglaterra

O suíço Roger Federer  completou a campanha irretocável e conquistou o octacampeonato no torneio de Wimbledon com vitória arrasadora sobre o croata Marin Cilic, número 6 do mundo, parciais de 6/3, 6/1 e 6/4 em 1h34 de final neste domingo. Com a conquista, Federer se isolou como maior vencedor homem do Grand Slam britânico. Ele estava empatado com o americano Pete Sampras. 
O ex-número 1 do mundo levantou o 19ª troféu de Grand Slam, sendo o tenista com mais títulos na história entre os homens. O recorde de Federer em finais de Grand Slams é de 19 vitórias e 10 vice-campeonatos. Aos 35 anos, o natural da Basileia também se tornou o tenista mais velho a vencer o torneio de Wimbledon na Era Aberta (1968), quando o tênis se profissionalizou. Ele completa 36 anos daqui a menos de um mês, em 8 de agosto. 
"Talvez eu tire mais tempo, fique fora mais seis meses, não sei, foi fantástico sempre que voltei. Significa o mundo, trabalhamos muito no ano passado. Segurar o troféu aqui, não perder um set, é mágico. Não tinha certeza se estaria aqui novamente em outra final, mas continuei sonhando", comemorou o campeão na cerimônia de premiação.

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p