Brasil perde por 2x1 do Canadá na disputa do bronze no futebol feminino

No Itaquerão, em São Paulo, seleção demora a reagir e fica sem medalha na Rio2016

A seleção feminina de futebol do Brasil perdeu a decisão do bronze para o Canadá por 2 a 1, no Itaquerão, em São Paulo. A equipe brasileira, que tinha feito oito gols nos dois primeiros jogos do torneio feminino do futebol, acumulou três partidas seguidas sem marcar (duas delas com prorrogação), e , pelo menos, deu fim, nesta sexta, ao jejum de 412 minutos. As canadenses abriram o placar na etapa inicial e depois ampliaram a vantagem no começo do segundo tempo. A reação brasileira veio tarde, só a 17 minutos do fim.
"Não desistam da gente, porque a gente não vai desistir nunca - pediu a veterana Formiga, que se aposenta ao fim da Olimpíada".
Marta destacou o trabalho que o futebol feminino tem tido para se fazer importante no país. "O esporte é isso, não tem diferença de gêneros. A gente conseguiu de alguma maneira mostrar que a mulher tem capacidade para qualquer situação" comentou a camisa 10.
Autora do gol do Brasil, Bia agradeceu o apoio da torcida. "O que a gente vem mostrando é dedicação, do começo ao fim. A gente queria muito esse bronze, a gente sabe o quanto era importante. Mas é difícil falar, a bola não entra quando a gente mais precisa. Fica o agradecimento a toda essa torcida e ao apoio que a gente vem tendo", afirmou.

Rose (encoberta) e Sinclair (12) se abraçam e festejam gol do Canadá sobre o Brasil na decisão do bronze na Olimpíada do Rio - Foto: FOTO: NELSON ALMEIDA / AFP

OS GOLS DO JOGO
O primeiro gol canadense nasceu de um contra-ataque eficiente, aos 25 minutos da etapa inicial. Lawrence apostou corrida com Fabiana e chegou muito na frente. Aí a camisa 10 do Canadá rolou a bola para Rose, livre dentro da área, tocar de primeira e marcar. O Canadá já tinha acertado a trave brasileira aos 9 minutos.
No segundo tempo, aos 7, Fleming bagunçou a defesaa brasileira, ao driblar duas adversárias. E lançou Rose na direita, que cruzou rasteiro para Sinclair matar a bola, ajeitar e chutar para aumentar a vantagem, canadense.
O Brasil diminuiu num cruzamento na área, em que Érika desviou para trás e Bia se livrou da marcação de Zadorsky para chutar e fazer 2 a 1.
BRASIL 1 X 2 CANADÁ
Brasil: Bárbara; Fabiana, Rafaelle, Mônica e Tamires (Érika); Thaisa, Formiga e Marta; Andressa (Poliana), Bia e Cristiane (Debinha). Técnico: Vadão.
Suécia: Labbé; Bélanger, Buchanan, Zadorsky e Lawrence; Matheson (Schmidt), Scott e Fleming; Rose (Chapman), Sinclair e Tancredi (Beckie). Técnico: John Herdman.
Gols: Rose, aos 25' do T1; Sinclair, aos 7' do T2; Bia, aos 33' do T2.

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p