Barcelona anuncia a contratação de Sergio Agüero

Atacante realizou exames médicos nesta segunda-feira na Catalunha e vai jogar, a princípio, ao lado do compatriota Lionel Messi; Contrato é por duas temporadas

O Barcelona anunciou nesta segunda-feira a contratação do atacante Sergio Agüero. O jogador argentino de 32 anos - completa 33 na próxima quarta - chega sem custos ao clube catalão após o fim de contrato com o Manchester City, por onde atuou nos últimos dez anos.

De acordo com nota oficial do Barcelona, o compromisso de Agüero é de dois anos, durando até o final da temporada 2022/23. A multa rescisória é de 100 milhões de euros (R$ 636 milhões).

Agüero realizou exames médicos nesta segunda-feira na Catalunha e vai jogar, a princípio, ao lado do compatriota Lionel Messi. O camisa 10 é padrinho de um dos filhos do ex-jogador do City, mas ainda não decidiu se continuará ou não no Barcelona e negocia sua permanência.

”Vou tentar dar o meu melhor aqui no Barcelona, que é o maior clube do mundo - disse Agüero, à TV do Barcelona, durante os exames médicos.“

Começo precoce, passagem pelo Atleti e idolatria no City

Natural de Buenos Aires, Sergio Leonel Agüero del Castillo estreou como profissional aos 15 anos de idade defendendo o Independiente, em julho de 2003. Aos 18 anos, na temporada 2006/2007, rumou para o Atlético de Madrid, onde conquistou dois títulos (Liga Europa e Supercopa da Europa da temporada 2010/2011).

Em julho de 2011, Agüero foi anunciado pelo Manchester City, onde se tornou lenda: 390 jogos, 260 gols e 15 títulos. O primeiro deles logo em seu ano de estreia. Agüero fez o gol da vitória sobre o Queens Park Rangers nos acréscimos, garantindo o caneco do Campeonato Inglês que não chegava para o City há mais de quatro décadas na ocasião.

Maior artilheiro estrangeiro da história da Premier League (177 gols) e maior ídolo da história do Manchester City, Agüero também fez parte das seleções argentinas vencedoras da Copa do Mundo Sub-20 em 2005 e 2007, além de ter conquistado o ouro olímpico em Pequim em 2008, ao lado justamente de Lionel Messi.