FAF lança projeto que visa ampliar a prática do futebol social em AL

Especulação imobiliária tem resultado na falta de campos, estádios e arenas, levando à diminuição de praticantes da modalidade

A Federação Alagoana de Futebol (FAF) apresentou, nesta quinta-feira (30), seu mais novo projeto: "Futebóis". Em parceria com a Secretaria de Estado do Esporte, Lazer e Juventude (Selaj), o objetivo é fomentar e ampliar a prática do futebol social em Alagoas, uma vez que a especulação imobiliária tem resultado na falta de campos, estádios e arenas, levando à diminuição de praticantes da modalidade e fazendo com que o esporte sofra uma baixa em seus adeptos.

Com esta iniciativa, a FAF e a Selaj pretendem incentivar e fomentar todas as manifestações de futebóis no Estado, oferecendo modalidades como futebol de campo, futsal, beach soccer, fut7 e futevôlei, além de manifestações como futebol de praia, altinha, x1, futmesa e futebol de mesa (botão). Inclusive, neste fim de semana (1 e 2 de abril), será realizado o 1º Torneio de Altinha, na Praia do Francês, em Marechal Deodoro.

"O futebol é a grande paixão do povo brasileiro. Vivemos e trabalhamos, com muita responsabilidade e carinho, com este esporte que é tão contagiante. Com o passar do tempo, os campos que existiam pelas cidades deram lugar aos edifícios e casas. Pensando nisso, estamos apresentando o nosso mais novo projeto, chamado de Futebóis. Nós, como casa do futebol alagoano, queremos fomentar o esporte para todos. Então, nada mais justo do que pensar em diversas maneiras de incentivar cada vez mais o futebol em solo alagoano", observou o presidente da FAF, Felipe Feijó.

Secretário da FAF e da Selaj, o ex-árbitro Charles Hebert comentou que está muito feliz com este projeto. "Muito feliz em ver a FAF lançar um projeto que contemple várias manifestações do futebol em nosso Estado. Isso demostra que a entidade tem um compromisso com a modernidade, com o social e o fomento de várias práticas esportivas em Alagoas”, disse.

*Com Assessoria