Demitido por comentário homofóbico, Maurício Souza é eleito deputado

Jogador de vôlei criticou a DC Comics após o anúncio de que o novo Super-Homem, filho de Clark Kent, iria se descobrir como bissexual

Com 100% das urnas apuradas, o ex-jogador de vôlei Maurício Souza (PL), do Minas Tênis Clube e da seleção brasileira, foi eleito deputado federal por Minas Gerais para um mandato de quatro anos, com mais de 83 mil votos. O resultado o coloca como o 37º deputado mais votado da Câmara Federal.

“Vitória do povo mineiro! Muito obrigado aos mineiros que confiaram seus votos a mim e às minhas ideias! Saibam que vou ser o Deputado Federal da família mineira e lutarei sempre pelas nossas crianças e por nossos valores. Agora, vamos trabalhar juntos!”, afirmou em sua conta pessoal no Instagram.

Abertamente apoiador do presidente Jair Bolsonaro – se candidatou pelo Partido Liberal, o mesmo do candidato à reeleição para a presidência -, Maurício encerrou sua carreira no último ano, após ter seu contrato rescindido pelo Minas. À época, o jogador fez diversas postagens com teor homofóbico em suas redes sociais, que repercutiram na internet.

Dentre estas, Maurício Souza criticou a DC Comics após o anúncio de que o novo Super-Homem, filho de Clark Kent, iria se descobrir como bissexual nos quadrinhos. “Hoje em dia o certo é errado, e o errado é certo… Se tem que escolher um lado, eu fico do lado que eu acho certo! Fico com minhas crenças, valores e ideias. ‘Ah, é só um desenho, não é nada demais’. Vai nessa que vai ver onde vamos parar”, afirmou o atleta em sua conta do Instagram em 12 de outubro de 2021.

Após pressões de patrocinadores e da opinião pública nas redes sociais, o Minas anunciou o afastamento do atleta e, consequentemente, a rescisão de seu contrato. Além desse episódio, o ex-jogador tem histórico de problemas de relacionamento na seleção brasileira por conta de seus posicionamentos com teor homofóbico.

Ex-atletas eleitos em 2022

Além de Maurício, diversos nomes do esporte se candidataram a cargos políticos nas eleições de 2022. Dentre eles, o mais bem-sucedido foi o ex-jogador Romário (PL), campeão do mundo com a seleção brasileira em 1994, reeleito para o cargo de senador pelo Rio de Janeiro por mais oito anos.

Danrlei (PSD), ex-goleiro e campeão da Copa Libertadores com o Grêmio em 1995, também conseguiu uma vitória expressiva nas urnas, sendo reeleito para deputado federal pelo Rio Grande do Sul, com 97.824 votos.

Confira a lista completa:

Romário (PL) – reeleito senador pelo Rio, com 2.383.829 votos

Luiz Lima, ex-nadador (PL) – reeleito deputado federal pelo Rio, com 69.082 votos

Maurício Souza (PL) – eleito deputado federal por MG, com 83.395 dos votos

Danrlei, ex-goleiro do Grêmio (PSD) – reeleito deputado federal pelo RS, com 97.824 dos votos

Bobô, ex-jogador (PCdoB) – reeleito Deputado Estadual da Bahia, com 61.422 dos votos