CR7 e Messi não devem ser escolhidos como garotos propaganda da Copa

Cada seleção poderá escolher um jogador como garoto-propaganda; CR7 deve ser ausência confirmada, já Messi ainda não é garantido

O português Cristiano Ronaldo deve ser deixado de lado e não será o “garoto propaganda” de Portugal para a Copa do Mundo do Catar. Vale destacar que cada seleção que irá participar do mundial pode escolher um jogador para ter o rosto estampado nos arranha-céus de Doha.

No caso de Portugal, nomes como Bruno Fernandes, companheiro de CR7 no Manchester United, e Diogo Jota, atacante do Liverpool, são os favoritos na Seleção Portuguesa, segundo a ESPN.

A decisão é vista como surpresa no país tendo em vista que, além de Cristiano ser o maior jogador da história do país, é o maior artilheiro por seleções de todos os tempos. Além disso, a decisão é vista como uma forma de abraçar um novo rumo para a sua seleção nacional após a aposentadoria do camisa 7.

Na temporada 2022/23, até o momento, Cristiano entrou em campo em 13 partidas, onde marcou apenas três gols e contribuiu com uma assistência.

No entanto, outro jogador que também não deve ter seu rosto estampado é Lionel Messi, tendo em vista que a Argentina ainda não decidiu qual jogador será escolhido.

Na temporada atual, o camisa 10 da Seleção Argentina soma 11 jogos, onde marcou seis gols e contribuiu com oito assistências com camisa do PSG.