Victor Ramos chega a quase quatro meses sem entrar em campo

Zagueiro anunciado no mês de junho ainda não entrou em campo com a camisa regatiana

No dia 22 de junho, o CRB anunciou o retorno do zagueiro Victor Ramos. Entretanto, até hoje, o jogador ainda não conseguiu entrar em campo com a camisa regatiana. Juntando toda a temporada 2021, o zagueiro já acumula quase quatro meses sem atuar. Sua última partida aconteceu no dia 9 de maio, ainda com a camisa do Botafogo de Ribeirão Preto.

O zagueiro foi titular na partida do Botafogo contra o Red Bull Bragantino, porém, desde aquele dia, não apareceu mais nos gramados nem mesmo pelo clube paulista. No CRB, já são dois meses sob contrato, mas sem jogar.

No Galo, ao menos, existe uma explicação para a ausência do atleta. Segundo o clube, o jogador vem tratando uma lesão do ligamento colateral medial do joelho direito. A boa notícia é que, graças ao grande período de tratamento, o atleta já deve começar a transição na próxima semana.

Em 2021, Victor Ramos apareceu em apenas 10 partidas, todas pelo campeonato paulista e com a camisa do Botafogo. Em nove, dos dez jogos, atuou como titular, somando 840 minutos em campo, além de tomar três cartões amarelos. Conquistou duas vitórias, cinco empates e três derrotas. Com ele na zaga, a Pantera tomou oito gols.

Zagueiro Victor Ramos começou a temporada de 2021 no Botafogo-SP - Foto: Reprodução/Botafogo-SP

Inclusive, a última vez que atuou em mais de dez partidas por temporada foi em 2019, com a camisa do próprio CRB. Naquela temporada, Victor Ramos apareceu em 27 partidas e ajudou na campanha, que deixou a equipe alagoana na 7ª posição naquela temporada.

O zagueiro é conhecido por algumas polêmicas, contudo, passagens por grandes equipes do futebol brasileiro, como Vitória, Palmeiras, Juventude, Vasco, Goiás e Chapecoense. É campeão da Copa do Brasil, em 2011 e 2015, além de ter quatro campeonatos baianos, um campeonato catarinense e uma Taça da Bélgica.

Na apresentação, que aconteceu dia 28 de junho, Victor falou que o Galo foi uma escolha pessoal, principalmente, por conta da sua primeira passagem.

"Tive outras propostas, como todos sabem, mas eu optei pelo CRB, uma escolha minha. Eu gosto muito daqui, me sinto em casa e eu espero colocar o CRB no lugar devido dele, que é a Série A. Não tenha dúvida que meu foco é esse", exclamou.

Assim que retornar, Victor Ramos terá que superar grande concorrência na dupla de zaga do técnico Allan Aal. Desde o início da Série B, Caetano surpreendeu e tomou a vaga que era de Frazan. Além deles, Gum, Ewerton Páscoa, Matheus Mega e Diego Ivo são opções para o comandante.