Imagem
Menu lateral
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > esportes > ALAGOANO

Vice-artilheiro do Brasileiro sub-20, alagoano fala sobre o futuro no Cruzeiro

Revelado no CRB, Jonata começa a disputar título da competição nacional nesta quinta-feira, contra o Coritiba

O atacante alagoano Jonata Oliveira Bastos, de 19 anos, vive um grande momento. É o vice-artilheiro do Campeonato Brasileiro Sub-20, com 4 gols, e luta pelo título da competição. No Cruzeiro desde o primeiro semestre deste ano, o jogador que é cria do CRB falou àGazetawebsobre sua caminhada no mundo da bola, sonhos e a boa fase no clube mineiro.

Cinco gols atrás de Mosquito - que é jogador do Coritiba e artilheiro isolado -, o atacante ainda terá duas partidas pela frente, e contra o mesmo Coritiba, para tentar ser artilheiro e levantar a taça.

Leia também

Isso porque, na próxima quinta-feira (12), às 16h30, Jonata e o Cruzeiro começam a decidir o título do Brasileiro contra o Coxa, na Arena Independência, em Minas Gerais. Uma semana depois, no dia 19 de outubro (quinta-feira), as duas equipes voltam a se enfrentar no Estádio Couto Pereira, às 16h.

Para Jonata, apesar da pouca idade, seu momento no futebol "é fantástico", o que o leva a seguir sonhando com um futuro ainda mais promissor.

- Jogar em um grande clube de Alagoas, como o CRB, chegar ao profissional e ainda marcar um gol com a camisa regatiana foi a realização de um sonho. Hoje, visto a camisa de um grande clube do país, disputando o Brasileiro Sub-20 e realizando mais outro grande sonho.

Natural da cidade do Pilar, Jonata deu seus primeiros passos no futebol quando tinha apenas nove anos de idade, jogando em campos de várzea na cidade de Satuba - região metropolitana de Maceió -, tendo disputado vários campeonatos pelo Satubense antes de chegar ao Galo, em 2015. Defendendo o time alvirrubro, disputou alguns jogos pelo profissional e chegou a marcar um gol.

E Jonata lembra as origens ao explicar o que o motivou a seguir carreira no futebol.

- Na várzea, o que mais interessa é a alegria de jogar futebol. É aquele jogo sem responsabilidade, em que você se diverte só de estar ali. A gente é capaz de passar o dia inteiro na pelada (risos). Já no profissional, o atleta tem que ter a noção de que ele representa uma instituição, sendo cobrado o tempo todo por vitórias e resultados positivos.

Imagem ilustrativa da imagem Vice-artilheiro do Brasileiro sub-20, alagoano fala sobre o futuro no Cruzeiro
| Foto: FOTO: Divulgação/Cruzeiro

E como qualquer jovem atleta do mundo da bola, Jonata ainda almeja voos maiores. "Quero me firmar no profissional, ganhar títulos nacionais, jogar na Europa e, quem sabe, representar meu país ao vestir a camisa da seleção brasileira", reforçou o atacante.

E apesar de já se destacar no time sub-20, Jonata ainda não teve oportunidade de jogar pelo time principal do Cruzeiro até aqui. Entretanto, já participou de alguns treinamentos com o elenco profissional da Raposa.

O atacante deve retornar ao CRB em janeiro de 2018, quando se encerra o contrato de empréstimo com o time mineiro.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas