Thiago Rodrigues inova nos treinamentos e relembra estreia pelo CSA

Goleiro azulino contratou um personal para manter o físico e aprimorar a parte técnica durante a quarentena

Em meio à pandemia do novo coronavírus, os jogadores estão se virando para manter a forma física. Mas, além disso, tem quem pensa na parte técnica. O goleiro do CSA Thiago Rodrigues não quer correr o risco de perder o ritmo e, por isso, decidiu dar uma incrementada nos treinamentos. 
"Eu comecei a fazer treinamentos físicos, aeróbico e de corrida. Porém, não é o suficiente. Vinha em mim uma necessidade de buscar um personal que fosse treinador de goleiros, para não treinar só a parte física, como também a técnica", disse ele, à TV Gazeta.
O jogador azulino também participa das sessões remotas com o clube e garantiu que os treinos passados pelo personal têm o aval do Azulão. 
Thiago foi uma das contratações mais comemoradas pelos torcedores do time marujo nesta temporada. Destaque do Paraná na Série B do Campeonato Brasileiro do ano passado, ele fez sua estreia em nada menos que no Clássico das Multidões.

Goleiro, que foi destaque da Série B no ano passado, elogiou a torcida azulina - Foto: FOTO: Augusto Oliveira/Ascom CSA

"Um dos melhores jogos da minha vida, se não o melhor. Até pela representatividade que teve, por ser clássico, minha estreia, o time precisando de um resultado. O clássico foi o grande cartão de visitas para a nossa torcida. Eles [torcedores] serão bem representados. É uma grande responsabilidade, mas estou preparado, cheguei aqui para passar confiança ao torcedor".
Como todo jogador, Thiago tem uma vida corrida e, entre uma viagem e outra, encontra pouco tempo para curtir. Porém, mesmo longe dos gramados, ele contou que um dos passatempos da quarentena tem sido acompanhar partidas pela televisão, mas tendo outra visão.
 "É uma busca por conhecimento. Tenho visto muitas reprises de jogos de fora e do Brasil. Eu faço uma comparação temporal, tento ver o que mudou nas partes tática e física. Quem está ligado nisso só tem a ganhar", revelou.
Apesar de só ter entrado em campo com a camisa do Azulão em oito partidas, o goleiro já disse que deu para perceber que a 'massa' azul e branco não deixa a desejar no quesito apoio e disse que espera contar com ela para conseguir o maior desejo da temporada. "A torcida tem papel fundamental na busca pelo nosso objetivo, que é o acesso", finalizou.