Sem ingresso, torcedores do CSA acompanham jogo decisivo em locais alternativos

Azulinos se reuniram para assistir à partida contra o Tombense -MG; jogo definiu o acesso do Azulão à Série B do Brasileiro, em 2018

Com todos os ingressos esgotados já no segundo dia de vendas para a partida do CSA contra o Tombense-MG, os torcedores azulinos que não conseguiram entrar no Estádio Rei Pelé na noite desta segunda-feira (25) precisaram recorrer a outros locais para acompanhar a partida  definiu o acesso do Azulão.
Quem não ficou em casa conseguiu assistir à partida decisiva no Estacionamento do Jaraguá, com direito à estrutura com arquibancadas e telão com transmissão ao vivo do jogo. Fábio Joaquim foi um dos torcedores que recorreram à opção. "Tentei comprar, mas não consegui. Juntei-me com uns amigos e decidimos vir. A emoção foi muito grande. Um dia inesquecível", falou. 

Torcedor comemora primeiro gol da partida, aos 16 minutos do 1º tempo  - Foto: FOTO: Felipe Brasil

A alternativa foi a mesma para a torcedora Anyelle Souzah, que comemorou o aniversário de 24 anos no local. "É emoção demais. Se o CSA garantir o lugar na série B, será um verdadeiro presente de aniversário", disse a torcedora, antes de o árbitro apitar o fim da partida e confirmar o acesso azulino. 
Outros torcedores optaram por bares da capital. Com bandeiras e camisas, vários estabelecimentos localizados na antiga Avenida Amélia Rosa, na Jatiúca, foram tomados pelas cores azul e branca nesta noite. 
James Gomes, de 25 anos, conta que escolheu o bar por não ter encontrado mais ingressos à venda. "Esgotaram os ingressos, então, tive que procurar outro lugar. A torcida é a mesma e a expectativa para hoje é de vitória dentro de casa", disse o torcedor, minutos antes de a bola começar a rolar. 
Já Rita Soriano também levou a família para torcer pelo Azulão no bar. "Quando decidimos comprar, já não havia ingresso. Por isso, resolvemos optar por um locall mais tranquilo", explicou. 

Azulinos também optaram pela comodidade dos bares de Maceió - Foto: FOTO: Felipe Brasil