Roberto Fernandes terá que modificar meio de campo titular contra o Tombense

Sem Rickson, suspenso, treinador do CSA fará modificações para encarar o clube mineiro nesta segunda-feira (26)

Nesta segunda-feira (26), o CSA enfrentará o Tombense pela 31ª rodada da Série B. Contudo, será uma equipe um pouco diferente dos outros jogos. Isso porque o treinador azulino, Roberto Fernandes, será obrigado a modificar o time titular, principalmente o meio de campo. Sem Rickson e com o retorno de Gabriel, o quarteto titular é dúvida para o treinador.

Ultimamente, Roberto Fernandes vem optando pelo esquema 4-4-2. O quarteto mais utilizado é: Geovane, Giva Santos, Rickson e Lourenço. Contudo, sem Rickson, o treinador precisará fazer uma escolha. Com o retorno do meia Gabriel, o mais provável é que o jogador ocupe a posição. Com isso, o Azulão deve ter uma postura mais ofensiva, com Lourenço e Gabriel jogando mais próximos da área.

Por outro lado, por conta do longo período sem atuar, existe a possibilidade remota de Gabriel iniciar no banco de reservas. Desta forma, Tito Canteros e Ferreira podem surgir como opções. Canteros seria um jogador com uma qualidade um pouco mais ofensiva, enquanto Ferreira daria uma consistência maior na defesa.

Outra possibilidade é a mudança da formação tática. Apesar da continuidade no 4-4-2, Roberto já experimentou uma escalação com três atacantes, em algumas oportunidades. Por isso, caso a leitura seja por um time com jogadores mais rápidos, surge a chance de Osvaldo aparecer na posição.

Inclusive, não é apenas o meio que terá mudanças. No gol, por conta da suspensão de Marcelo Carné, o jovem Paulo Ricardo deve assumir a posição. O arqueiro superou Jean, antigo reserva imediato, após a bela atuação contra a Chapecoense. Na defesa, o zagueiro Werley é dúvida após sentir dores na última rodada. Caso não tenha condições, Guilherme Paraíba deve carregar o piano.

Em preparação árdua para o confronto com os mineiros, o CSA treinou na tarde desta quinta-feira (22), no CT Nelson Peixoto Feijó, em Maceió. O período de treinamentos está sendo bastante comemorado pela comissão, já que o Azulão ganhou mais de uma semana de preparação.