Reginaldo classifica duelo com a Chapecoense como uma decisão para CRB: "Temos que vencer"

Próximos na tabela de classificação, regatianos e catarinenses buscam permanência na Segundona nacional

CRB e Chapecoense se encontram nesta terça-feira (4), às 19 horas, no Estádio Rei Pelé. Apesar de estarem fora da zona do rebaixamento, as equipes ainda não conseguiram respirar aliviadas na Série B.

Reginaldo, lateral direito regatiano, reconheceu a dificuldade do confronto. E mais, enalteceu que o embate será encarado como uma verdadeira final pelos alvirrubros.

"Vamos ter uma decisão diante da Chapecoense dentro de casa e não podemos vacilar. Temos que vencer. O grupo sabe da importância deste compromisso. Temos que ter atenção máxima, para sairmos da nossa casa com vitória", disse.

O que antes era um sonho pelo acesso, agora torna-se uma busca pela permanência na divisão. Para alcançar o objetivo, obviamente, o CRB conta com a ajuda do torcedor. Até o fim da Segundona, o Galo ainda fará três jogos como mandante.

"Tenho certeza que a nossa torcida estará com a gente neste jogo. O apoio deles será fundamental durante os noventa minutos. Vamos enfrentar uma grande equipe e precisamos ter esse apoio", comentou.

São seis jogos até o fim do campeonato. Para permanecer na divisão, o cálculo regatiano é simples: duas vitórias. Até alcançar o objetivo, Reginaldo sonha com uma ótima sequência para o CRB terminar na posição mais alta possível.

"Nossa ideia é fazer uma boa sequência nestas próximas semanas, para crescermos na tabela de classificação e para que possamos encerrar bem a Série B", pontuou.