Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

Ranielle Ribeiro é apresentado no ASA e promete mudanças

Novo técnico do Fantasma diz que sente falta de um homem de referência e confia na classificação


				
					Ranielle Ribeiro é apresentado no ASA e promete mudanças
Ranielle Ribeiro teve suas primeiras impressões da estrutura do Gigante. Reprodução/ASA

Esta terça-feira (18) no ASA foi dia de muito trabalho, mas também de apresentação. O técnico Ranielle Ribeiro, anunciado no último final de semana, chegou em Arapiraca e concedeu entrevista coletiva antes de comandar o seu primeiro treinamento.

Entre os tópicos levantados pelos jornalistas, o principal deles foi a avaliação do momento do clube e também do elenco. Ranielle assume o Alvinegro na 6ª posição do Grupo A4 da Série D, com 12 pontos.

Leia também

"Quando o presidente me ligou, não pensei duas vezes, pela história, tradição, elenco. Se você olha o elenco, você vê quantos conseguiram acesso, são atletas acostumados ao processo. São cinco jogos, três em casa. O Fumeirão tem uma atmosfera positiva para o ASA e esperamos o apoio do torcedor, principalmente nos três jogos que podem nos credenciar a classificação", resumiu Ranielle.


				
					Ranielle Ribeiro é apresentado no ASA e promete mudanças
Alvinegro está fora da zona de classificação na Série D. Ailton Cruz

O novo comandante do ASA tem apenas 44 anos e treinará um clube alagoano pela primeira vez. Apesar do momento de dificuldade, o treinador vê o desafio como acessível, principalmente em relação ao sonho de classificação.

"Você olha a tabela, você vê o ASA em sexto, mas com a pontuação do quarto. É a chave tradicionalmente a mais forte, por isso esse bolo todo. Nós temos confrontos diretos, Juazeirense, Jacuipense. Isso nos credencia a não depender dos outros. Se nós conquistarmos os jogos em casa, vai nos credenciar a classificação. Uma das coisas é olhar para a tabela e ver um objetivo palpável [se classificar]", disse.

Ranielle Ribeiro deverá estrear no clube arapiraquense na quarta-feira, dia 26, contra a Juazeirense, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca. Até lá, o técnico terá um bom tempo para conhecer o elenco.

"O elenco a gente vê de uma forma positiva e já demonstrou isso no início da competição. Esse desequilíbrio dos últimos jogos nos trouxe para cá, temos que solucionar esse problema. Estamos estudando, avaliando e em cima do que vimos, até o jogo contra a Juazeirense, pretendemos mudar algumas coisas, como o modo de jogar, para encontrarmos o ASA que todos esperam", revelou.

Campeão potiguar, paraibano e vice-campeão da Série D em 2021, Ranielle conhece o caminho do acesso, assim como fez em 2021 com o Campinense. Para ele, conhecer a competição ajuda a encurtar a caminhada.

"A Série D, em forma de disputa, é o campeonato mais difícil. Depois do Paraibano, tive algumas propostas e recusei, porque não vislumbrava condições. Aqui eu vi, pelo elenco, pelos cinco jogos que nos restam. Como eu falei, o time me dá condições de querer o que fiz em 2021. Temos seis, sete jogadores que conseguiram o acesso. Já saber o caminho facilita".

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas

X