Queda do CSA para a Série C é motivo de gozação pelos rivais

Com a derrota diante do Cruzeiro, torcedores rivais inundam as redes com provocações aos azulinos

Depois da derrota para o Cruzeiro e, consequentemente, a queda para a Série C, os torcedores do CSA estão tendo que suportar uma série de publicações na internet com gozações sobre o fracasso azulino.

No último jogo, pela 38ª rodada da Série B, os azulinos chegaram até a acreditar na possibilidade de um não rebaixamento quando o azulão esteve duas vezes comandando o marcador. Além de ter aberto o placar, com um gol de Lourenço, em um belo chute de fora da área, o CSA sofreu o empate, mas teve força, com Lucas Barcelos, e chegou a fazer 2 x 1, depois de grande jogada do meia Gabriel.

Mas, o pior estava por vir, quando, aos 44 minutos, o Cruzeiro conseguiu com Rômulo e, logo depois, com Luvannor, decretar a queda azulina para a série C.

A página @crboficial não perdeu a oportunidade de saudar o rival, diante do insucesso: "O Clube de Regatas Brasil parabeniza o CSA pelo grande acesso ao Campeonato Brasileiro Série C. É preciso reconhecer a conquista do tamanho da grandeza da sua história, acostumada com a divisão, sendo o maior participante da terceirona entre os clubes de Alagoas. Desejamos sucesso em 2023, que venha mais um acesso, dessa vez para a Série D", diz a postagem.

Queda do CSA para a Série C é motivo de gozação pelos rivais - Foto: Reprodução/Instagram

Em outra postagem nas redes, o perfil @crbmídia também faz a sua citação jocosa sobre o rebaixamento do CSA:

"É o seguinte: primeiramente boa noite e segundo deixe sua risada nos comentários para o time do mangue", diz um internauta, provocando a torcida rival.

Torcedores do CRB enchem redes sociais de memes e posts em que provocam a torcida do CSA depois do rebaixamento do clube azulino - Foto: Reprodução/Instagram

Já no perfil: @nacaofascinantedogalo, foram mais de 1000 comentários sobre a derrota e o rebaixamento do CSA para a Terceira Divisão, em 2023. Um vídeo postado com a comemoração dos jogadores do Cruzeiro foi mais uma forma de provocar o rival.