Projetando duelo com o Guarani, experiente Wesley prega atenção: "Precisamos entrar ligados"

Com seis jogos sem vencer no Rei Pelé, volante regatiano ressalta importância do confronto direto com os paulistas

A reta final da Série B bate à porta ainda com muitas indefinições na briga pelo G-4. O CRB, por sua vez, está fora dele por conta da derrota no confronto direto com o Botafogo. Apesar do vacilo, o clube muda a chave e foca no mais novo adversário direto: o Guarani. O Bugre está em sétimo lugar, com 45 pontos, três a menos que o Galo e ainda sonhando com a Série A.

Experiente na carreira futebolística, o volante Wesley quer atenção do plantel regatiano, pois sabe o tamanho da partida e como será decisiva na briga pelas primeiras posições da Série B.

“A gente tem um jogo decisivo diante do Guarani e precisamos entrar ligados para vencer. Para eles, também, é uma decisão. Não podemos pensar em outro resultado que não seja a vitória. Precisamos ter muita intensidade durante os noventa minutos para sairmos com os três pontos", projetou Wesley.

O volante do CRB ainda fez questão de exaltar o seu grupo. Ultimamente, Allan Aal tem tido uma boa dor de cabeça para escalar seus volantes, alternando entre o próprio Wesley, Jean Patrick, Claudinei e Marthã.

"A equipe está fazendo um grande campeonato e isso merece ser destacado. A entrega, a luta e a união de todos vêm fazendo a diferença neste ano. Temos tudo para terminar 2021 com os nossos objetivos alcançados", contou.

Com poucos jogos para poder pontuar, Wesley trata as últimas rodadas da Segundona como verdadeiras finais. Com pontuação de G-4, ele reconheceu a intensidade que será nos últimos jogos.

"Serão oito jogos, oito finais para todos. O campeonato teve um equilíbrio grande até aqui e será assim até o final. Esta reta final tem tudo para ser muito intensa para todos os clubes", finalizou o volante.