Por objetivos distintos, ASA e Coruripe se enfrentam pelo Estadual

Hulk está desesperado para sair do Z-4, enquanto o Fantasma persegue um lugar no G-4 da tabela; partida será disputada às 17h, no Estádio Municipal Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca

Em trajetória de ascensão e perseguindo um lugar no G-4 do Campeonato Alagoano, o ASA tem pela frente neste sábado (24), a equipe do Coruripe. A partida faz parte da programação da oitava – penúltima – rodada da fase de classificação do Estadual e será disputada no Estádio Municipal Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca. O início do confronto está marcado para as 17 horas.

O torneio estadual tem em sua divisão de elite nove equipes. Na primeira fase, elas estão se enfrentando em turno único. Ao final das nove rodadas previstas, os quatro primeiros avançam na luta pelo título. Os dois piores são rebaixados para a Segunda Divisão.

O mata-mata - semifinais e final - será disputado em jogos de ida e volta. Em caso de igualdade no placar agregado, o time de melhor campanha tem vantagem apenas nas semifinais. Enquanto na final, se isso acontecer, o título será decidido nos pênaltis.

Cenário do ASA

O Fantasma de Arapiraca só foi conseguir sua primeira vitória na fase de classificação do Campeonato Alagoano em sua quinta partida. No sábado, 10 de abril, atuando longe de seus domínios, fez 1 a 0 no Aliança. O gol assinalado por Vinícius aos 29 minutos do primeiro tempo, no entanto, permitiu que desse um salto na tabela de classificação, deixando a briga contra o rebaixamento e passando a ser um candidato à classificação para as semifinais. Na rodada passada, o Alvinegro ficou no empate sem gols, jogando no Estádio Edson Matias, em Olho d'Água das Flores.

Panorama do Coruripe

Já o Hulk, tem a oportunidade de abandonar a zona de rebaixamento neste confronto e, se vencer, o Verdão Praiano salta momentaneamente para a sexta colocação da tabela. Ou seja, uma vitória é fundamental para a equipe seguir com o objetivo de não cair para a Série B estadual. Na última rodada, o Hulk Praiano acabou sendo derrotado pelo Murici, pelo placar de 1 a 0, gol marcado por Danilo, aos 38 minutos do segundo tempo.

ASA

Com sete pontos (uma vitória, quatro empates e uma derrota), passou a ocupar a sexta posição do Estadual. É o segundo posto fora da região que permite avançar para a segunda e decisiva fase do torneio. Tem um ponto a menos que o CSE, quarto colocado.

No último domingo (18), Alvinegro tropeçou e ficou apenas no empate sem gols contra o CEO - Foto: Ascom/ASA

Um detalhe curioso é que quatro equipes que brigam pelo G-4 vão jogar entre si nesta oitava rodada. Diante disso, a responsabilidade de um bom resultado do Alvinegro contra o Coruripe aumenta ainda mais.

Últimas do Alvinegro

Na última segunda-feira (20), o atacante Jefferson Reis teve uma conversa com a diretoria do ASA e resolveu de forma amigável deixar o clube e seguir sua carreira fora de Arapiraca. O atleta está no clube alvinegro desde o início do Campeonato Alagoano deste ano, mas foi pouco aproveitado na equipe.

O meia Dinda, que sofreu um entorse no tornozelo direito no jogo contra o Aliança, ainda apresenta dor e continuará em tratamento. Assim como o meia-atacante Juninho, o jogador foi reavaliado e os dois permanecerão no Departamento Médico do clube, pelo menos até os próximos dias.

O treinador Ademir Fonseca deve mandar a campo: Dida; Lázaro, Caique, Marcelo e Ítalo; Zé Wilson, Johnnattan, Thiago Potiguar e Carlos Magno; Vinícius e Deivison.

Coruripe

O Hulk está em situação desesperadora. Com quatro pontos (uma vitória, um empate e quatro derrotas), o time está na penúltima colocação do Estadual, muito ameaçado pelo rebaixamento. Para se ter ideia do nível da campanha da equipe, são apenas dois pontos de vantagem para o lanterna e já rebaixado, CEO. As duas últimas rodadas serão fundamentais para o futuro do Verdão Praiano na temporada.

Técnico Jânio Fialho chegou para tentar salvar o Coruripe do rebaixamento - Foto: Divulgação/Sport-PB

Últimas do Hulk

Nesta sexta-feira (23), o Coruripe anunciou a contratação do Zagueiro Audiclay, de 23 anos, o último clube do atleta foi o Barra dos Coqueiros de Sergipe.

O meia Polinho está em recuperação e pode ser novidade no confronto deste sábado (24). No quesito disciplinar, o volante Álvaro retorna após cumprir suspensão automática.

Assim, uma provável formação tem: Erik; Jordan, Beto, Zé Rafael e João Felipe; Álvaro, Leandro Sardinha e Polinho; Gustavo, Pedrinho e Everson.

Arbitragem

Márcio dos Santos Oliveira será o árbitro (FAF). Ele será auxiliado por Ruan Luiz de Barros (CBF) e Fernanda Felix da Silva (CBF). Carlos Alberto Matias Eloi (FAF) será o quarto árbitro e José Elias Santos Filho (CBF) será o analista de campo.