Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > esportes > ALAGOANO

Pontuar fora é importante: das 15 vitórias atuais, CSA venceu oito jogos longe de Maceió

Restam cinco partidas para o fim da competição e o Azulão tem mais dois jogos longe do Rei Pelé, contra times que ele não perdeu no primeiro turno

O CSA conquistou dois pontos fora de casa, nas últimas duas rodadas da Série B do Brasileiro. Em São Januário, o Azulão bateu o Vasco, por 3 a 1, de virada. Na última terça (2), ganhou do Vitória, no Barradão, pelo placar mínimo. As conquistas fizeram o time chegar aos 51 pontos, pular da 8ª para a 5ª posição, e ainda sonhar com o acesso à elite do Nacional.

Todas as equipes sabem da importância de fazer o dever de casa no futebol para disputar boas colocações e títulos. O mesmo se aplica na condição de mandante. Sair de campo vencedor é o ideal, mas, se não der, o empate não é nada desprezível.

Leia também

Até o momento, os azulinos conquistaram 15 vitórias na competição, restando cinco para o fim do campeonato. Oito delas foram na condição de mandante. Assim, além do Gigante da Colina e do Rubro-Negro, a equipe bateu Brusque (2 a 3 ), Operário Ferroviário (0 a 2), Confiança (0 a 2), Ge Brasil (1 a 0), Londrina (0 a 2) e Cruzeiro (1 a 2), respectivamente.

Seguindo a ordem, contra o Quadricolor, Lucão, Bruno Mota e Marco Túlio deixaram sua marca no Augusto Bauer. Já contra o Fantasma da Vila, Reinaldo e Geovane garantiram os três pontos, e, na casa do Dragão, no Batistão, Iury Castilho e Dellatorre balançaram a rede.

No Bento Freitas, contra o Xavante, o meia Gabriel, terceiro artilheiro, com cinco gols, fez o tento da vitória magra. Na rodada seguinte, no Estádio do Café, Yuri e novamente Castilho brilharam em campo, assim como no duelo com a Raposa, no Mineirão, em Belo Horizonte.


				
					Pontuar fora é importante: das 15 vitórias atuais, CSA venceu oito jogos longe de Maceió
No dia 18 de setembro, CSA bateu o Londrina por 2 a 0. Iury Castilho fez o segundo gol. Augusto Oliveira/ASCOM CSA

E nos derradeiros compromissos, Renato Cajá e Dellatorre duas vezes venceram o goleiro Lucão, do time carioca, e Castilho decretou a conquista em Salvador, nesta ordem. O interessante é que, no primeiro turno, nas rodadas 16 e 18, contra essas mesmas equipes, o CSA não saiu de campo derrotado: ficou no 0 a 0 em Maceió, com o Time da Raça, e aplicou 3 a 0 no Coxa-Branca.

Próximos jogos

A equipe agora tem mais quatro compromissos para brigar pela classificação: dois diante do seu sócio-torcedor e mais dois fora de casa. Nesta sexta (5), recebe o Remo, no Trapichão, às 17h. Depois, visita o Avaí, na Ressacada, às 20h, e volta à capital alagoana para encarar o Confiança, às 21h30. Ainda, vista o Coritiba, no Couto Pereira, e encerra a competição contra o lanterna Ge Brasil. Estes jogos ainda terão dia e horário definidos pela CBF.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas