Perto de decisão entre CSA e Paysandu, Didira quer boas atuações nos jogos finais do Alagoano

Meia azulino acredita que clube precisa passar recado positivo contra CSE e Murici, pelo Estadual

O momento do CSA dentro da temporada é muito positivo. Apesar da derrota para o Ceará, já se classificou para o mata-mata da Copa do Nordeste, passou pela 1ª fase da Copa do Brasil e lidera, classificado, como o único invicto, o Campeonato Alagoano. Contudo, as decisões não param por aí. Em sequência, o Azulão encara CSE, Murici e Paysandu, sendo o último pela Copa do Brasil.

Para o meia Didira, são extremamente necessárias grandes atuações para chegar com a moral lá em cima contra o Paysandu. Vale ressaltar que o duelo é decidido em jogo único, e não existe mais a vantagem do empate.

“Vamos ter dois jogos importantes esta semana e precisamos vencer para que possamos terminar bem a primeira fase do Estadual. Além disso, vamos em busca de duas grandes partidas para chegarmos bem no confronto com o Paysandu pela Copa do Brasil", disse Didira.

Já classificado no Campeonato Alagoano, o time de Mozart mostra um ritmo muito bom, conquistando resultados relevantes e abrindo margem até para poupar jogadores. Didira acredita que, se o ritmo for mantido, as coisas podem seguir bem.

"Os três primeiros objetivos do ano conquistamos: finais da Copa do Nordeste e Estadual, e classificação na Copa do Brasil. Temos que manter este ritmo forte para alcançarmos as outras metas agora", contou.

Sobre o grupo, o jogador disse que todos estão muito motivados, em busca dos melhores resultados. Prestes a entrarem no momento mais decisivo do primeiro semestre, Didira voltou a enfatizar o ritmo.

"O grupo está muito motivado em fazer uma boa sequência nestas próximas semanas. Temos que ter um ritmo forte para que possamos crescer ainda mais na temporada", finalizou.