Pelo Alagoano, CEO e Coruripe se enfrentam para fugir da zona de rebaixamento

Hoje os clubes estão nas duas últimas posições, e precisam vencer para sair da zona do desespero

Com campanhas parecidas, CEO e Coruripe vão para um jogo de seis pontos neste sábado (13). O time sertanejo ocupa a 9ª posição, com 1 ponto ganho, estando à frente apenas do próprio Coruripe, que é o lanterna completamente zerado. A partida abrirá a 4ª rodada do Campeonato Alagoano, e está marcada para às 16h, no Estádio Édson Matias, em Olho D'Água das Flores.

Não será o primeiro encontro das equipes nesta temporada, já que dia 4 de fevereiro, pela Copa Alagoas, os dois se enfrentaram no Gerson Amaral, em Coruripe, com resultado final de 1 a 0 para os donos da casa. Mas se engana quem acha que as equipes farão um jogo parecido, isso porque de lá pra cá foram diversas mudanças da ambos os lados. O CEO mudou de treinador, trazendo Jânio Fialho e novos atletas para o elenco, porém, ainda não conseguiu engatar no Estadual e vem de uma dura derrota por 5 a 0 contra o CSA.

O Hulk não fica muito atrás do seu adversário do final de semana. O Alviverde está em seu terceiro treinador na temporada, sendo o atual Robson Silva, que nem conseguiu estrear, já que contraiu a Covid-19. Além do técnico, o Coruripe também sofreu com uma debandada de atletas, que alterou totalmente o planejamento para o Estadual. Hoje, com um elenco bem diferente, o Coruripe ocupa a lanterna do Alagoano, vindo de derrota para o CSE, faz seu segundo jogo seguido fora de casa.

CEO

Principal força do sertão alagoano nos últimos anos, o 2021 do CEO tem incomodado o torcedor tricolor. A fraca campanha na Copa Alagoas e até então a péssima campanha no Alagoano, trazem ao time uma chance iminente de rebaixamento. A Estrela do Sertão ainda não fez gols na competição, e hoje possui a pior defesa ao lado do próprio Coruripe, são sete gols sofridos em apenas três partidas.

Elenco do CEO sofreu grandes mudanças após a Copa Alagoas - Foto: Jailson Colacio

Os números aterrorizam e foram reflexo da última partida da equipe. Um 5 a 0 massacrante contra o CSA levou o time a essa situação desesperadora. Entretanto, o CEO ganha um aliado importantíssimo nessa luta para evoluir: o Estádio Édson Matias. Imponente campo do Sertão alagoano é a casa tricolor, e foi lá onde o time conseguiu sua única vitória em 2021, 2 a 0 sobre o time de aspirantes do CSA na Copa Alagoas.

O estádio volta a receber jogos após liberação da Federação Alagoana na última quinta-feira (11), e pode ser mais um bom trunfo para o restante da competição. Com expectativa boa de voltar ao lar, Janio Fialho deve mandar o time da seguinte forma: Luiz Fernando, Diego, Alemão, Cleriston e Anderson Recife; Caio Breno, Bruno Kabelo e Jefferson Carioca; Dannyel, Mika e Roger

Coruripe

Depois da desmotivante derrota para o CSE na última rodada, o Hulk voltou aos treinos e teve uma semana cheia. Com novidades no elenco, o time pode sofrer algumas alterações entre os titulares. É incerta a participação de Robson Silva no banco de reservas, por conta de sua contaminação com o novo coronavírus, esta que o tirou do banco de reservas na última rodada.

Coruripe teve semana cheia de treinos, e ainda busca pontuar no Estadual - Foto: Ascom Coruripe

Desde o W.O contra o CRB, o Alviverde Praiano só fez 1 jogo, entretanto a partida mostrou uma fragilidade defensiva, principalmente aérea, já que dos quatro gols sofridos contra o CSE, três foram com jogadas pelo alto. O ataque funcionou, mas foi insuficiente para fazer pontuar. A situação começa a ficar desesperadora, já que uma derrota contra o CEO pode significar uma proximidade maior com a segunda divisão.

Seja com Robson Silva ou seu assistente, Thiago Militão, o Hulk deve ir à campo da seguinte forma: Stênio; João Felipe, Jessé, Beto e Jordan (Elton Lucas); Jadson (Álvaro), Polinho e Leandro Sardinha; Hudson, Mateus Brito e Everlan

Arbitragem

Gustavo da Silva (FAF) será o árbitro principal do jogo. Ao lado dele, assistências de Wellington Thiago de Almeida Fontes Nascimento (FAF) e Genilson Firmino da Silva (FAF), além do quarto árbitro Carlos Vitor Oliveira Alves (FAF). Será a estreia deste grupo de arbitragem no Campeonato Alagoano 2021.