Na lanterna, Murici enfrenta o Atlético de Alagoinhas fora de casa e acredita na vitória

Verdão vai confiante para o confronto e precisa suar para conquistar os três pontos na casa do Carcará

O Murici enfrentará o Atlético de Alagoinhas, neste sábado (31), no Carneirão, na casa do Atlético, às 16 horas. O Verdão, que habita a lanterna do grupo 4 da série D do campeonato brasileiro, entra na batalha numa sequência de cinco derrotas consecutivas. O Atlético é o sexto colocado do grupo e vem de duas derrotas, dois empates e uma vitória.

Cenário

O Murici, que veio de uma derrota de três a zero contra o juazeirense, permanece na lanterna do grupo e precisa de uma luz para não terminar o campeonato por lá. O técnico Jadson Oliveira vai contar com algumas modificações no time para que a tática do Verdão venha a funcionar da melhor maneira para driblar o Atlético.

Já o Atlético de Alagoinha, atual campeão do Baianão, passa por uma crise, com oito jogadores a menos. O Murici vai ter algumas vantagens táticas contra eles, já que cinco jogadores foram emprestados e três estão fora. A última partida foi contra o Sergipe, no último domingo (25), onde o Atlético não teve o desempenho esperado e perdeu de 1 a 0.

MURICI

O Verdão passa por uma crise no campo após cinco partidas sem nenhuma vitória, o que complica o lado do time alagoano.

O Murici terá alguns desfalques importantes nesse confronto, como o atacante André, que se desligou do clube para resolver problemas pessoais e será substituído por Rodrigo Mucuri. Já o goleiro Gustavo, que cumpre suspensão após a expulsão no jogo contra o Juazeirense, será substituído por Vitor Terre.

Além dessas baixas, o atacante Edimar segue no departamento médico para tratar uma contusão na coxa esquerda e não conseguirá participar da partida. Segundo a assessoria, o time vai forte no confronto para garantir os três pontos e, mesmo com a situação delicada na lanterna, o clima é de confiança.

Atlético de Alagoinha

O Atlético, que passa por problemas financeiros, tem oito jogadores fora da partida, já que emprestaram cinco jogadores e outros três estão fora, segundo a assessoria. O clima é complicado e o time precisa de foco para a pré-temporada, o que é interessante para o Murici, já que o time está com algumas baixas bem técnicas.

O time baiano tem confiança na partida, mas não espera grandes resultados. Mesmo em sexto colocado, o clube foca em questões administrativas. Os três pontos são importantes, mas a realidade é dura e o atual campeão do baianão precisa entrar em campo para brigar com sangue, suor e lágrimas.

Arbitragem

Freddy Rafael Lopez Fernandez (CD-AM) será o árbitro da partida, com auxílio de Carlos Eduardo Bregalda Gussen (CD-BA) e Luanderson Lima dos Santos (AB-BA), que são todos auxiliares da Bahia. O quarto árbitro, também baiano, será Moisés Ferreira Simão (CD-BA). O Analista de campo será Carlos Alberto Souza Vila Nova (CBF-BA).