Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > esportes > ALAGOANO

Mário Marroquim enaltece feito do CRB e fala de recursos da Liga Forte

Presidente regatiano vê competência na classificação e admite sonho de ser campeão


				
					Mário Marroquim enaltece feito do CRB e fala de recursos da Liga Forte
Marroquim foi ao Timaço na Gazeta. Felipe Sóstenes

Para alguns torcedores regatianos, a ficha ainda não caiu após a histórica classificação do CRB para a final da Copa do Nordeste 2024. No entanto, o presidente Mário Marroquim está mais sereno e, durante entrevista ao Timaço na Gazeta, na noite desta segunda-feira (27), exaltou o feito regatiano.

Apesar de toda a felicidade pela vaga, o mandatário justificou a conquista, creditando o trabalho realizado pela diretoria, comissão técnica e jogadores.

Leia também

"Acredito que a gente tenha atingido os objetivos iniciais do ano, inclusive, passando deles. Minha meta inicial era semifinal. Chegar em uma final da Copa do Nordeste é um sonho e agora o sonho é ser campeão. Everton Ribeiro no Bahia paga a folha inteira do CRB, temos que entender o nosso feito. Quando entendemos que vamos fazer a final depois de 30 anos na nossa casa, é porque temos competência", enalteceu.

Inclusive, a grande final do Nordestão será em Maceió, provavelmente no dia 9 de junho, no Estádio Rei Pelé. Com isso, haverá um grande evento, promovido pela própria CBF.

"Venho de cabeça erguida em relação a nossa posição, muito satisfeito com resultados e com empenho dos jogadores. Teremos um evento no Estado, que temos que entender que teremos o presidente da CBF aqui, vai ter show. Quando vemos um evento de futebol aqui como o que veremos? Vem staff da CBF, patrocinadores, não é um evento comum. Será muito prestigiado pelos nossos torcedores", pontuou.

Apesar de todo o momento festivo dentro do clube, o presidente não fugiu dos questionamentos envolvendo o financeiro do clube. Marroquim relembrou o recurso recebido pela participação na Liga Forte Futebol e afirmou que pouquíssimo desse valor será utilizado em contratações.

"Esse dinheiro da Liga Forte não é para investir muito em jogador, é para investir em estrutura. Tenho que tornar o clube sustentável. Eu visito os CTs dos adversários, e a gente começa a aprender o que tem sido feito para a gente copiar o que está sendo bem feito. É trabalho e profissionalização".


				
					Mário Marroquim enaltece feito do CRB e fala de recursos da Liga Forte
Marroquim falou sobre vários assuntos do Galo, no Timaço na Gazeta. Felipe Sóstenes

Confira outros tópicos da entrevista

A FINAL

''Não é fácil, pulamos uma fogueira contra o Bahia e agora é o Fortaleza, dois jogos. Vamos tentar trazer a decisão para cá. Que possamos encher a casa, tenham orgulho pelo que o CRB representa no cenário nacional. Na Copa do Brasil, são vitórias com louvor, incontestáveis. O sonho não acabou".

CALENDÁRIO

"O bicho não pega e eu estou feliz. Se você não quer ter calendário cheio, seja eliminado. Quando eu disse aos jogadores que o mês de maio seria difícil, disse que queria calendário junho também. Eu quero passar em mais fases da Copa do Brasil. Quanto mais longe pudermos ir, mais jogos temos. Lógico, precisamos ter elenco e temos trabalhado nisso. A bola não entra por acaso. Se não tenho capacidade de buscar os jogadores mais caros, eu busco estrutura".

BASE

"São três anos de trabalho na base. CRB está investindo quase R$ 700 mil em custos de participação em campeonatos nacionais. Elas dão capacitação, experiência e rodagem. Esses meninos estão chegando ao profissional bem mais maduros. Tantos estão se destacando, Baranhas, Rodriguinho. Gente de Portugal vieram e ficaram encantados com nosso jogadores. Nos próximos dias, talvez pintem jogadores nossos em Portugal".

REFORÇOS

"Nosso desafio é não perder [jogadores]. Série A está de olho, já assediando uns seis jogadores nossos. Vou tentar fazer de tudo para não perder jogador nenhum. Vamos ao mercado sim. Sabemos das posições que precisamos dar reforço. É uma sequência grande, longa. Daniel precisa ter banco, opções. Já estamos no mercado, mas não está fácil".

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas