Fora de casa, Murici tenta se recuperar contra a Juazeirense-BA

Verdão terá mais um desafio, desta vez fora de casa, em busca da reabilitação na competição

Cada vez mais o Grupo A4 da Série D 2021 vai afunilando. Neste sábado (17), às 16h, no Estádio Adauto Moraes, na Bahia, o confronto entre os dois últimos colocados do grupo abrirá a 7ª rodada. O Murici, lanterna, receberá o 2º colocado, a Juazeirense, em busca da reabilitação nesta Série D.

Cenário

Devastado por quatro derrotas seguidas, o Murici ainda busca um equilíbrio. As quatro derrotas seguidas derrubaram o Verdão do G-4 para a lanterna da competição, abrindo relativa distância em relação ao tão sonhado grupo dos quatro primeiros, com apenas três pontos.

Pelo lado baiano, a fase é das melhores. A Juazeirense está invicta e encontra-se na vice-liderança do Grupo A4 da Série D, com 12 pontos. O desempenho nesta edição da competição nacional é surpreendente e tem enchido de alegria os olhos do torcedor canconero.

Murici

Vindo de quatro derrotas seguidas e na lanterna do seu grupo, o Murici embarcou na tarde da última quinta-feira (15) para Juazeiro. Além do desgaste pela longa viagem de 695km, o Verdão não terá a presença de três jogadores: Ynaiã, Madison e Boquita. Os atletas receberam propostas de outros clubes e saíram em comum acordo com diretoria do clube alagoano.

Os três jogadores se juntam ao meia Weverton, que já tinha deixado o Murici na semana passada. Mesmo com essas baixas, o time já se movimenta no mercado para tentar repor as saídas do lateral direito e dos volantes.

Murici embarcou para o interior da Bahia, onde enfrenta a Juazeirense - Foto: Ascom/Murici

Uma boa notícia para o Murici é o retorno do atacante de velocidade Tauan. Depois de perder alguns jogos por conta de lesão, o jogador viajou com o elenco para Juazeiro, e pode pintar no time de Jadson Oliveira.

Assim, o Verdão deve ir a campo com: Gustavo; Gabriel, Cristiano, Carlos Henrique e Maikon; Rambo, Rodrigo Mucuri, André Rodrigues (Edmar) e Luciano; Igor Ruan (Tauan) e Kiko Alagoano.

Juazeirense

A Juazeirense foi eliminada na semifinal do Campeonato Baiano em 2021 e está invicta na Série D do Campeonato Brasileiro. Na Copa do Brasil, o Cancão fez história e eliminou Sport, Volta Redonda e Cruzeiro antes de chegar às oitavas de final para enfrentar o Santos entre julho e agosto.

O grupo profissional é formado por jogadores de pouca expressão no cenário nacional. Entre eles está Kesley, de 26 anos. O atacante passou, sem sucesso, pelo time B do Santos em 2016. Ele também atuou na carreira por CSE, Penapolense, Oeste, Campinense, Doce Mel, URT e ABC.

Para a partida de hoje, o Cancão de Fogo terá os desfalques do zagueiro Wendell, que passou por um procedimento dentário, e do volante Patrik, expulso na última partida. Além da dupla, o meia Clebson segue fora, recuperando-se de uma cirurgia no joelho. Por outro lado, o volante Sapé volta a ficar à disposição, após cumprir suspensão.

Juazeirense está em grande fase na temporada 2021 - Foto: Bruno Lopes/Juazeirense

Assim, para a partida contra o Murici, o treinador Carlos Rabello deve mandar a campo: Rodrigo Calaça; Guilherme Lucena, Silvio, Jamerson e Daniel; Waguinho, Sapé, Capone e Felipe; Ian e Kesley.

Arbitragem

Renato Pinheiro (CE) será o árbitro. Ele será auxiliado por Carlos Vidal Pereira de Oliveira e Patricia dos Reis do Nascimento. Moisés Ferreira Simão será o quarto árbitro e Carlos Alberto Souza Vila Nova será o analista de campo.