FF Sport Nova Cruz diz que tomará providências após jogador ser esfaqueado em Pilar

Jogador do Clube de Ferro foi esfaqueado na manhã desta quinta-feira (30) e se encontra internado; suspeito trabalha no clube

Horas após a confirmação de que o lateral esquerdo João Guilherme, do FF Sport Nova Cruz, foi esfaqueado, o clube pilarense se pronunciou de forma oficial. Em nome do presidente Francisco Ferro, o time disse, em nota, que está prestando total apoio ao jogador e sua família e que tomará as medidas cabíveis para ajudar as autoridades policiais. Anderson Ceará, que trabalha no FF, é o suspeito.

Na nota, o FF ainda afirmou que o estado do atleta é estável e que se encontra no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió. Além disso, disponibilizou auxílio para que a família do jogador venha até Maceió, para acompanhar a recuperação de João. O jogador foi relacionado na última partida do FF Sport pelo Campeonato Alagoano, no dia 25, contra o Zumbi, mas não entrou em campo.

João Guilherme tem apenas 20 anos e a última vez que entrou em campo foi no dia 19 de junho, na última rodada da primeira fase da Série B do Campeonato Alagoano. O principal suspeito é Anderson Ceará, gerente da equipe pilarense. Até o fechamento dessa matéria, Anderson encontra-se foragido. Confira a nota oficial do FF:

"A Diretoria do FF NOVA CRUZ, lamenta o ocorrido na manhã desta quinta-feira (30) com o nosso atleta, João Guilherme Clemente da Silva, a quem estamos prestando total apoio, inclusive providenciando a logística da vinda a Maceió de familiares do jogador, que se encontra internado no HGE em condição de saúde estável. O clube reitera o seu compromisso de não corroborar com qualquer tipo de violência, de forma que estaremos atentos a constatação dos fatos para tomarmos as providências cabíveis, colaborando de forma contundente com as autoridades policiais. Desde já manifestamo-nos em completo repúdio e indignação", diz a nota.

A Federação Alagoana de Futebol (FAF) também se pronunciou sobre o ocorrido, em duas notas. Inclusive, afirmou que está em contato direto com o clube pilarense para prestar toda assistência necessária.

"A Federação Alagoana de Futebol lamenta o ocorrido com o atleta João Guilherme Clemente da Silva, do FF Sport Nova Cruz. A FAF está mantendo contato com o clube para prestar ajuda ao jogador, assim como para entender o ocorrido. A Federação aguarda a apuração dos fatos para tomar as medidas cabíveis".

"A Federação Alagoana de Futebol segue monitorando a situação envolvendo o atleta João Guilherme Clemente da Silva, do FF Sport Nova Cruz. A Federação aguarda as providências que serão tomadas por parte da polícia, para então tomar as atitudes cabíveis. A FAF manteve contato com o clube e prestou atenção e apoio ao atleta, bem como presta solidariedade aos familiares e amigos. Desejamos uma pronta recuperação para que o profissional retorne a fazer o que ama o mais rápido possível.", disse a FAF, na segunda nota.

A Gazetaweb tentou contato com o presidente do FF Sport Nova Cruz, entretanto, ele não retornou até o fechamento dessa matéria.