Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > esportes > ALAGOANO

Em jogo disputado no Independência-MG, CSA fica no empate com o Cruzeiro: 1 a 1

Gols foram de Pedro Lucas, para o Azulão, que segue na 6ª posição na tabela, e de Rafael Sobis, para a Raposa, agora na 10ª colocação

Jogando fora de casa, na noite desta terça-feira (15), o CSA ficou no empate por 1 a 1 com o Cruzeiro, em duelo pela 29ª rodada da Série B, no Estádio Independência, em Belo Horizonte-MG, e segue fora do tão sonhado G-4. O Azulão continua na 6ª posição, com 45 pontos; enquanto a Raposa agora é a 10ª colocada, com 39 pontos.

Os gols da partida foram de Pedro Lucas (CSA), no primeiro tempo, e de Rafael Sobis (Cruzeiro), na segunda etapa.

Leia também

Antes de a bola rolar, o superintendente de Futebol do CSA, Lumário Rodrigues, entregou uma placa e o massagista Cosmo Domingues entregou uma camisa do Azulão ao técnico do Cruzeiro, Luiz Felipe Scolari. Cosmo trabalhou com Felipão em 1985, quando o treinador foi atleta do CSA.

Na próxima rodada, o Azulão vai enfrentar Juventude, já nesta sexta-feira (18), no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul-RS, às 18 horas. E a Raposa, no mesmo dia, mas às 20h15, vai visitar o Avaí, na Ressacada, em Florianópolis-SC.

1º tempo

A partida começou com o Cruzeiro apertando a saída de bola do CSA, que começou desinibido, saindo para jogar. E chegou aos 3 minutos, com Rodrigo Pimpão, após receber lançamento de Rodolfo Filemon, mas ele se adiantou demais e a defesa da Raposa cortou, acabando com a festa. Aos 7 minutos, de novo o CSA: Nadson bateu o escanteio e, após desvio, Fábio defendeu a jogada, que levou perigo.

O Cruzeiro respondeu aos 11 minutos. Airton encheu o pé, de fora da área, e o goleiro do CSA fez uma grande defesa, livrando o perigo, mandando para escanteio. Na cobrança, Rafael Sobis bateu rápido, mas o lance foi desperdiçado. Aos 14 minutos, Sobis cobrou uma falta, mandando direto, mas o goleiro do CSA segurou bem, encaixando.

O CSA teve uma queda de produção e não saía mais com a qualidade que começou na partida. Aos 22 minutos, o Cruzeiro tentou mais uma vez, forçando os chutes de longa distância. Sobis mandou de longe, mas errou o alvo. Quem não errou o alvo, porém, foi o Azulão do Mutange. Aos 25 minutos, Yago acertou um belo cruzamento da direita e Pedro Lucas cabeceou bonito, mandando no fundo da rede, abrindo o placar no Independência para o CSA: 1 a 0. Foi o quarto gol dele pelo time azulino.

Aos 32 minutos, o CSA quase ampliou o placar. Nadson roubou a bola de Manoel e acionou Andrigo, que bateu e a redonda desviou na defesa do Cruzeiro, mas foi para fora. A Raposa tentou aos 34 minutos: Sobis girou na área, mas finalizou bem em cima de Luciano Castán. Aos 38 minutos o Cruzeiro tentou de novo e, mais uma vez, de fora da área. Jadson experimentou de longe e Matheus Mendes defendeu bem. Aos 40 minutos, o CSA respondeu. Após cobrança de escanteio de Nadson, que bateu no primeiro pau, Pimpão cabeceou com veneno, viu a bola passar muito perto, ainda raspando na trave.

A partida chegava aos 45 minutos e o árbitro determinou três minutos de acréscimos nesse primeiro tempo. Aos 47 minutos, a Raposa ainda tentou e quase fez. A bola passou bem perto de Sobis, que não alcançou, mas a jogada já não valia mais nada, pois o árbitro mancou impedimento. E, aos 48 minutos, a 1ª etapa foi encerrada.

Etapa final

No 2º tempo, o CSA chegou com perigo logo aos 3 minutos. Em cobrança de falta, Yago cruzou por baixo, da direita, e Cáceres mandou pela linha de fundo, antes que Andrigo chegasse e pudesse fazer o segundo do time alagoano. Aos 5 minutos, a Raposa tentou. Machado cobrou o escanteio, a defesa do CSA afastou e, após cruzamento, Arthur Caíke acertou a rede pelo lado de fora. Um minuto depois, de novo o time mineiro tentou. Sobis finalizou com veneno, mas Matheus Mendes espalmou, mandando para escanteio.

O jogo esquentou e o CSA respondeu aos 7 minutos. No contra-ataque, Pedro Lucas recebeu na frente e bateu de perna direita, mas para fora. Aos 10 minutos, veio a resposta do Cruzeiro: Giovanni experimentou chutar de fora da área, mas o goleiro azulino se virou para espalmar e evitar o gol de empate da Raposa. Mas aos 11 minutos, o empate aconteceu no Independência, com o gol de Sobis. Giovanni finalizou de fora da área, Matheus espalmou e, no rebote, ele mandou para a rede, deixando tudo igual: 1 a 1.

A partida chegava aos 15 minutos e o Cruzeiro seguia no ataquie, enquanto o CSA tentava quebrar o ritmo do adversário, segurando a bola no ataque. Aos 21 minutos, em falta cobrada por Machado, para o Cruzeiro, a bola foi à esquerda de Matheus Mendes, pela linha de fundo.

Aos 37 minutos, o CSA quase fez o segundo. Diego Renan cruzou e Pedro Lucas bateu de primeira: Fábio defendeu no susto. E o Azulão deixou de marcar o seu segundo tento na partida. O tempo final ia se aproximando dos 45 minutos e o CSA ainda tentou, aos 42?. Victor Paraíba recebeu a bola livre na área e finalizou, mas viu o goleiro do Cruzeiro fazer um verdadeiro milagre no Independência e a chance do Azulão foi perdida mais uma vez.

O árbitro decretou cinco minutos de acréscimos, mas o placar não saiu mesmo do 1 a 1. E a partida foi encerrada aos 50 minutos, com este empate.

Cruzeiro- Fábio; Raul Cáceres, Ramon, Manoel e Matheus Pereira; Jadsom Silva, Felipe Machado e Jadson (Giovanni); William Pottker (Arthur Caíke), Airton (Welinton)e Rafael Sóbis (Sassá). Técnico: Felipão.

CSA- Matheus Mendes; Cedric, Rodolfo Filemon, Luciano Castán e Diego Renan; Geovane, Yago (Gabriel) e Nadson (Marquinhos); Rodrigo Pimpão (Rafael Bilu), Andrigo (Rone) e Pedro Lucas (Victor Paraíba). Técnico: Mozart.

Árbitro- Caio Max Augusto Vieira (CBF-RN).

Auxiliares- Jean Márcio dos Santos (CBF-RN) e Vinicius Melo de Lima (CBF-RN).

Quarto árbitro- Michel Patrick Costa Guimarães (CBF-MG).

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas