Desempenho entre os alagoanos na Série B: CSA tem mais vitórias e CRB menos derrotas

Equipes alagoanas fazem ótimas campanhas e chegam na última rodada com chances de classificação, mesmo que remotas

Restando uma partida para o término da Série B do Brasileiro, como estão CSA e o CRB na competição em termos de desempenho? De certo, as equipes ainda brigam pelo 4º lugar, juntamente com o Avaí. Apenas um ponto e pouco mais de 1% de rendimento separam o time comandado por Allan Aal e do treinado por Mozart Santos.

Isso revela que, no geral, ambos veem fazendo campanhas parecidas. O primeiro se encontra no 5º lugar, com 60 pontos, e o segundo está logo abaixo, na 6ª posição, com 59. Nos dois Clássicos das Multidões realizados pela Segundona, o Galo venceu por 1 a 0, no primeiro turno, com gol de Diego Torres, de pênalti. Já no returno, o placar sem gols se manteve até o fim.

Além de ter somado quatro pontos nessas duas partidas, levando em conta os outros compromissos, o Regatas saiu derrotado em apenas nove duelos (24%). Ainda, soma 12 empates (32%), 16 vitórias (43%) e nove gols de saldo (46 marcados e 37 sofridos), até então. Por outro lado, o CSA saiu de campo vitorioso 17 vezes (46%), empatou em oito (22%) oportunidades, porém, perdeu em 12 (32%); marcou 44 e sofreu 33 gols.

Existe semelhança na campanha dos dois clubes também no que se refere a oscilações. O CRB chegou a passar 11 jogos de invencibilidade (da rodada 12 até a 22); em contraste ficou oito partidas sem ganhar em casa (seis empates e duas baixas). No que lhe toca, o CSA venceu apenas na 5ª partida, levando em conta os dois turnos; em oposição, passou seis duelos sem perder duas vezes e, nestas 12 partidas, ganhou 27 pontos de 36 possíveis.

Agora, ambos entrarão em campo pela derradeira vez, neste domingo (28). O Galo visita o Operário-PR, no Germano Krüger, e o Azulão recebe o Brasil de Pelotas, em Maceió; ambos às 16h. A tendência é que os dois vençam seus jogos e sequem o Avaí contra o Sampaio Corrêa.