Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > esportes > ALAGOANO

CSA aposta em média de idade baixa nos treinadores desta temporada

Time azulino contou apenas com Marcelo Cabo como 'medalhão' e apostou em 3 nomes abaixo dos 50 anos


				
					CSA aposta em média de idade baixa nos treinadores desta temporada
Rogério Corrêa, Christian de Souza e Higo Magalhães são considerados da "nova geração". Reprodução

O CSA anunciou, na noite dessa segunda-feira (20), seu novo comandante, Higo Magalhães, de 42 anos, quarto treinador na temporada 2024. Neste ano o clube apostou, em sua grande maioria, em treinadores com uma média de idade baixa saindo de contratações de medalhões e treinadores rodados no mercado.

O ano começa com Rogério Corrêa, de 43 anos, e um currículo ainda pequeno na carreira; em seguida, o clube contrata o treinador que mais fugiu do perfil de idade, Marcelo Cabo, de 57, que, em relação aos demais, tem uma carreira bem mais extensa dentro do futebol e pode ser considerado o único técnico experiente que o CSA trouxe neste ano.

Leia também

Após Cabo, a direção volta a contratar dois treinadores com perfil muito mais próximo ao de Rogério Corrêa. São eles: Christian de Souza, de 46 anos, e uma carreira que estava saindo em transição de clubes menores para clubes de maior expressão no Nordeste e, agora, a recente contratação de Higo Magalhães, mais jovem até aqui com 42 anos; porém, com um currículo quase todo construído sob o Vila Nova, clube muito tradicional do futebol goiano.


				
					CSA aposta em média de idade baixa nos treinadores desta temporada
Apesar de jovem, Higo teve 4 temporadas sob o comando do Vila em duas passagens. Divulgação/Vila Nova

A média de idade dos comandantes azulinos nesta temporada chega a 47 anos com a contratação de Higo, média considerada baixa no nosso futebol nacional. Sem Marcelo Cabo, o clube teria uma média de treinadores com 43 anos em 2024, bem diferente de 2023, quando o clube abarcava 53 anos de idade na média de seus técnicos e chegando a contratar Roberto Fonseca, que, à época, tinha 61 anos quando assumiu o clube.

Magalhães ainda está na lista dos 4 técnicos mais jovens do CSA nos últimos 5 anos, se juntando a Bruno Pivetti, que tinha 37 anos quando assumiu o CSA em 2021, Barbieri com 39 anos em 2020 e Mozart, também em 2020, que, junto com Higo, tinham 42 anos quando assumiram o Azulão.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas