CRB tem prejuízo financeiro no jogo da ida da semifinal do Alagoano

Boletim financeiro divulgado pela FAF mostrou prejuízo de mais de R$ 3 mil para os cofres regatianos no primeiro clássico das semis

O CRB foi o mandante na primeira partida da semifinal do Alagoano, disputada no último sábado (2), no palco do futebol alagoano, o Trapichão, e que consagrou o CSA como vencedor do confronto, por 1x0. O fato curioso que ficou foi: mesmo com o mando de campo de uma semifinal do Estadual, o CRB saiu no prejuízo. A Federação Alagoana de Futebol (FAF) divulgou na tarde desta segunda-feira (4), o balanço das despesas e lucros do Clássico das Multidões e revelou um prejuízo de R$ 3.202,27 aos cofres regatianos.

Durante a semana passada, a polêmica da torcida mista surgiu, trazendo um debate para os torcedores e dirigentes dos respectivos clubes. Em uma reunião realizada entre CRB, CSA, FAF e PM, ficou decidida a liberação da venda de ingressos para a torcida visitante, na partida em questão, a torcida do CSA. Além da participação da torcida azulina no jogo, outra decisão importante para o torcedor foi a liberação da arquibancada baixa, que viabiliza ingressos mais baratos. Para este primeiro confronto da semi, o CRB disponibilizou 932 ingressos para este setor (baixas), vendendo todos e obtendo com eles R$ 9.320,00.

Confusão nos ingressos

O time alvirrubro recuou ao sofrer pressão nas redes sociais de sua torcida sobre o valor dos ingressos. Antes da liberação da parte baixa da arquibancada, a parte alta foi divulgada com o valor de R$ 100,00 a inteira e R$ 50,00 a meia entrada. Para a última partida, o Galo da Praia teve de reduzir os valores, promocionalmente, para R$ 60,00 a inteira e R$ 30,00 a meia-entrada, durante dois dias. Durante a véspera da partida, na última sexta-feira (1), os valores voltaram ao valor original, sendo vendidos com preço cheio.