Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > esportes > ALAGOANO

Com o grupo dividido em dois, CSA treina no CT do Mutange e na AABB

Time principal fez trabalhos com o técnico Marcelo Cabo e o outro participou de um jogo-treino e goleou por 12 a 1

Em preparação para o jogo contra o CEO, no próximo domingo, no Rei Pelé, pela 5ª rodada do Campeonato Alagoano, o time do CSA realizou treinamentos na tarde desta terça-feira (19) com o grupo de atletas dividido em dois. O grupo principal, composto pelos jogadores considerados titulares, treinou no CT do Mutange, sob o comando do técnico Marcelo Cabo; e os atletas considerados reservas, aqueles que não atuaram os 90 minutos na partida de domingo passado, participaram de um jogo-treino contra um selecionado da cidade de União dos Palmares.

E o CSA aplicou uma sonora goleada na equipe de União: 12 a 1. Os gols azulinos foram de Lucca Mota (3), Jhon Cley, Carlinhos, Cassiano, Mauro Silva (2), Lohan, Thiaguinho e Ramon (2). Já Lucivaldo marcou para a seleção de União.

Leia também

Os treinamentos no CT do Mutange ocorreram, nesta tarde, com os portões abertos à imprensa e à torcida. O motivo: para que todos pudessem ver a nova academia do clube, com novos e modernos equipamentos para os exercícios e a recuperação dos atletas.

Fala, garoto!


				
					Com o grupo dividido em dois, CSA treina no CT do Mutange e na AABB
FOTO: Ailton Cruz

"Graças a Deus fui campeão alagoano sub-20 e o professor (Marcelo Cabo) me deu a oportunidade e agarrei de braços abertos. No ano passado, ele me levou para algumas partidas da Série B, para pegar experiência, conversou comigo e, graças a Deus este ano estou mais experiente. A confiança do grupo também ajuda muito. E, daqui pra frente, se Deus quiser, é só crescer mais e mais", declarou o jogador.

Victor Paraíba encerrou dizendo que no começo nem queria ir para o CSA, mas hoje a emoção é enorme por estar na equipe profissional do Azulão. Para ele, é como se a ficha ainda não tivesse caído, como se diz na gíria. "Às vezes, quando me deito, ainda não caiu a ficha, passa pela mente tudo que eu passei. Mas hoje, eu estar aqui em um clube de Série A, com grandes jogadores, é uma emoção muito grande", revelou.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas