Com fim da Série A, CRB conhece todos os seus adversários na Segundona 2023

Único clube alagoano remanescente na divisão, Galo reencontra clubes rebaixados e terá um confronto inédito

A Série A terminou nesse domingo (13) e, com isso, os quatro rebaixados foram oficialmente definidos. Além disso, marcou o fim da temporada futebolística do Brasil. Assim, abre-se margem para pensar em 2023, onde o CRB estará, mais uma vez, na disputa da Série B. Depois de um ano com a Segundona repleta de times multicampeões nacionais, os novos postulantes ao acesso são velhos conhecidos do Galo.

Ao todo, são oito novas equipes na disputa da Série B do ano que vem, sendo quatro que subiram da Série C e os quatro rebaixados da Série A. Ou seja, o CRB terá apenas 11 adversários iguais aos deste ano. Porém, dos times que vieram da elite, nenhum é tão desconhecido.

Ceará e Avaí são duas equipes que os regatianos conhecem muito bem. O CRB já encontrou cada um deles mais de 20 vezes, sendo que já enfrentou o Ceará em 34 oportunidades. O problema é a desvantagem em confrontos diretos. Tanto Ceará, quanto Avaí, possuem retrospectos positivos contra o Galo da Praia.

Galo eliminou o Vozão na Copa do Nordeste desta temporada - Foto: Kid Júnior/SVM

Os outros dois rebaixados foram Juventude e Atlético Goianiense. Por coincidência, esses dois times foram comandados pelo atual técnico do Regatas, Umberto Louzer, ao longo de 2022. Os encontros contra esses clubes são mais raros. Contra o Dragão, são apenas oito partidas registradas, com cinco triunfos regatianos, três vitórias goianas e nenhum empate.

Já contra o Juventude, são dez confrontos registrados ao longo da história, totalizando seis vitórias para os gaúchos, três para os alagoanos e apenas um empate. Papo e Galo não se enfrentam desde a Série B de 2020.

Já aqueles times que vieram da Série C são um pouco mais desconhecidos do grande público, porém, nada tira a tradição. O mais famoso, sem dúvidas, é o Vitória. Subindo aos trancos e barrancos, o Leão e o Galo se reencontram na Série B, após um ano. Ao todo, as equipes se enfrentaram 25 vezes, com 11 triunfos do Vitória, contra apenas oito do CRB.

Rebaixado em 2021, Vitória está de volta a Série B do Campeonato Brasileiro - Foto: Ailton Cruz

Mais um nordestino que conseguiu o acesso em 2022 foi o ABC. Fora da Série B, após um longo tempo, o time potiguar também soma um histórico vistoso contra o Alvirrubro. ABC e CRB já tiveram 26 embates, com vantagem alvinegra. Em 2021, os times duelaram na Copa do Nordeste, por outro lado, não se enfrentam na Série B desde 2017.

Os outros dois promovidos são de São Paulo: Botafogo de Ribeirão Preto e Mirassol. Contra o Botafogo, são poucos confrontos, já que a equipe estava na Série B recentemente. São oito encontros, com cinco vitórias regatianas e apenas uma derrota. Já o Mirassol jamais enfrentou o CRB e será o único adversário inédito do Galo no ano que vem.

Os 20 clubes participantes da Série B 2023 são: ABC, Atlético-GO, Avaí, Botafogo-SP, Ceará, Chapecoense, CRB, Criciúma, Guarani, Ituano, Juventude, Londrina, Mirassol, Novorizontino, Ponte Preta, Sampaio Corrêa, Sport, Tombense, Vila Nova e Vitória.

Atual campeão da Série C, Mirassol será adversário inédito do clube regatiano - Foto: Marcos Freitas/Ag. Mirassol