Bruno Mota fala sobre jejum de gols e o momento azulino na Série B

Meia comentou sobre retorno de Mozart e sobre o que o time tem feito para melhorar a campanha no segundo turno

Em coletiva, nesta sexta-feira (10), Bruno Mota comentou sobre o momento do CSA na Série B do Campeonato Brasileiro. O time que soma 29 pontos, na 11ª colocação, passa por um momento complicado, já que nas últimas cinco partidas, só chegou a levar a melhor em uma.

Ao ser perguntado sobre a falta de acertos, Bruno Mota chegou a dizer que “é trabalho, a gente não tem muito o que fazer” e completou: “Os resultados não estão vindo, isso é verdade, mas a gente vem evoluindo bastante”. O meia ainda falou sobre o retorno de Mozart, para ele, o técnico tem muito a acrescentar. “Porque foi o grupo que ele montou, então, ele sabe bem o que ele pode fazer para nos ajudar”, pontuou o jogador.

Ainda sobre o técnico, Bruno Mota comentou: “A gente tá voltando a pegar muito o que o Mozart tá pedindo, então, eu acho que com o tempo eu vou me encaixar melhor e vou poder voltar a ajudar como vinha ajudando”, completou o meia.

Ele chegou a confundir o torcedor ao vê-lo jogando como meia e como centroavante em jogos passados, então, durante a coletiva, a dúvida foi sanada. O jogador comentou que independentemente da posição que o técnico Mozart precisar, ele estaria preparado para atuar e acertar dentro de campo, mais à frente, ou como meia.