Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

ASA chega à maior sequência sem vitórias na temporada

Alvinegro não vence há quatro partidas e liga alerta na Série D


				
					ASA chega à maior sequência sem vitórias na temporada
Alvinegro perdeu em casa para o Itabaiana. Lucas Auditore

A derrota do ASA para o Itabaiana, nessa quarta-feira (12), ligou o alerta para o técnico Rodrigo Fonseca e a diretoria. Isso porque o Alvinegro chegou à marca de quatro partidas seguidas sem vencer na temporada, a maior série de 2024. São dois empates e duas derrotas no recorte.

A última vitória do Fantasma aconteceu dia 18 de maio, contra o Jacuipense, em Arapiraca. De lá para cá, o clube empatou com Juazeirense e Retrô, além de ter perdido duas vezes para o Itabaiana.

Leia também

E a sequência teve sequelas reais para o ASA. A equipe perdeu a liderança do Grupo A4, já que ganhou dois pontos de 12 possíveis e desceu para o 3º lugar. Além disso, fez apenas um gol no período e sofreu seis. Inclusive, o Alvinegro tem nove gols sofridos na Série D, a segunda pior defesa do grupo ao lado do CSE.


				
					ASA chega à maior sequência sem vitórias na temporada
Atuação foi criticada pelo torcedor. Lucas Auditore

FALA, PROFESSOR!

Em entrevista coletiva pós-jogo, o técnico Rodrigo Fonseca afirmou que o Itabaiana foi muito cirúrgico para definir o placar e deu suas impressões do momento do clube.

"Se você pegar o primeiro tempo, só o Gabriel cruzou cinco bolas, três perigos de gol. No segundo tempo, foi aquele sufoco, fomos para cima, mas a bola acabou não entrando. Estamos pagando caro por isso, e o adversário em duas bolas fez 2x0", disse.


				
					ASA chega à maior sequência sem vitórias na temporada
Rodrigo Fonseca durante coletiva nessa quarta-feira (12). Reprodução/TVASA

Fonseca relembrou a força do grupo, mas afirmou que há um problema em relação à efetividade no momento de finalizar no gol.

"Voltar a jogar bem, como foi no início, e fazer os pontos possíveis. São equipes fortes e competitivas, no nosso grupo você vê a briga. Todos os jogos são decisivos, saímos atrás e não conseguimos buscar os resultados. Nunca saímos do G4, mas está faltando muito fazer os gols. A bola teima em não entrar, temos que ter paciência e acreditar nos jogadores para reverter essa situação", opinou.

O próximo desafio do ASA será já neste fim de semana, contra o Retrô, fora de casa. Apesar da dificuldade, Rodrigo Fonseca ainda confia na evolução para contornar o momento ruim,

"Tivemos um volume imenso na frente, nos dois tempos. Para fazer o gol, tem que estar tranquilo, infelizmente não está acontecendo. Eu acredito na equipe, já demonstraram que são capazes de reverter, temos que fazer isso novamente. Série D exige mais comprometimento, uma pegada. A partir da primeira derrota, já tem que acender o alerta".

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas

X