Após duas derrotas seguidas, ASA busca recuperação em casa, contra o Jacuipense

Apesar dos resultados ruins, Alvinegro segue na liderança do seu grupo, porém, encara Jacupa em ascensão

O líder ASA terá que defender sua liderança no Grupo 4 da Série D mais uma vez. Neste domingo (22), às 16 horas, o clube arapiraquense recebe o Jacuipense, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca. O confronto, válido pela sexta rodada, será entre os dois primeiros colocados. Ou seja, quem vencer, assume a ponta do grupo.

Panorama

Com duas derrotas seguidas, o clima de otimismo em Arapiraca foi se apagando aos poucos. Antes disparado na liderança, agora o ASA é ameaçado por quatro equipes que aparecem logo atrás. Com três vitórias e duas derrotas, o Gigante ainda lidera o Grupo 4, com nove pontos conquistados.

O Jacuipense vem no efeito contrário. O clube acumulou bons resultados e assumiu a vice-liderança. Com oito pontos, o Leão Grená depende de um triunfo simples para alcançar a tão sonhada liderança. Rebaixado da Série C em 2021, os baianos querem retornar o mais rápido possível.

ASA

A semana alvinegra foi, no mínimo, surpreendente. No início dela, o técnico Maurício Copertino comunicou que recebeu uma proposta do futebol árabe e pediu desligamento do clube. De mãos atadas, a diretoria do ASA não pôde fazer muito, apenas acertar a liberação amigável do profissional.

Contudo, o seu substituto agradou boa parte do torcedor. O auxiliar Jota, vice-campeão do Alagoano 2022, será efetivado até segunda ordem. O jovem técnico ganhou a liberação da CBF para treinar em competições nacionais e já retorna ao comando neste domingo (22). À beira do gramado, Jota somou seis vitórias, um empate e duas derrotas.

Na semana, o Fantasma anunciou a contratação do atacante Caranguejo, destaque pelo Jaciobá. Porém, o jogador ainda não está regularizado e fica indisponível. Lázaro, lateral direito, também está fora, tratando um problema no joelho. Jorginho, Cris Lucca, Assis e Magal (suspensos) não jogam. Mesmo caso de Fidélis, lesionado.

Ao lado do companheiro Feijão, Viçosa deve retornar ao ASA neste domingo (22) - Foto: Ailton Cruz

Mas, não são apenas notícias ruins. As duas maiores surpresas podem ser os retornos de Anderson Feijão e Júnior Viçosa, que ficaram no período de transição durante a semana. Sem muitas alternativas, Jota deve apostar em: Renan Rinaldi; Michel Tiago, Benne, Brumati (André Nunes) e Alysson; Zé Wilson, Gutti (Bruninho ou Anderson Feijão) e Roger Gaúcho; Xande, Diego Rosa e Lucas Gaspar (Júnior Viçosa).

JACUIPENSE

Calejado na Série D do Brasileiro, o Jacuipense vive a expectativa de brigar pelo acesso mais uma vez. O ano, até aqui, foi bem proveitoso. O clube conseguiu fazer uma bela campanha no Campeonato Baiano, onde terminou como vice-campeão, após perder para o Atlético de Alagoinhas.

Para o Nacional, a equipe se reforçou mais e conta com um elenco experiente. No gol, um velho conhecido dos alagoanos: o goleiro Mota, ex-CSA. Ainda conta com Fábio Bahia (ex-Goiás), Alyson (ex-Londrina) e Jeam (ex-CSA). Além disso, o clube fechou a contratação do volante Joílson, durante a semana.

Jacuipense fez a sua preparação antes da viagem para Arapiraca - Foto: Reprodução/Jacuipense

Rodrigo Chagas, que tem história no futebol baiano, aos poucos vem entrosando sua equipe. A vitória tranquila sobre o Santa Cruz, por 2 a 0, foi um sinal disso. Por isso, o Leão do Sisal deve jogar com: Mota; Railan, Renato, Cabral e Radar; Fábio Bahia, Newton e Flávio; Thiaguinho, Ruan Levine e Welder.

Arbitragem

Para o jogo, a arbitragem principal virá do Ceará. Renato Pinheiro (CBF/CE) será o dono do apito. Maxwell Rocha Silva (CBF/AL) e Fernanda Felix da Silva (CBF/AL) são os assistentes em campo. Enquanto isso, José Jaini Oliveira Bispo (CBF/AL) será o quarto árbitro.