CRB perde pênalti e fica só no empate com o Sampaio, pela Série B: 0x0

Galo se deu ao luxo de perder a cobrança da penalidade, feita por Anselmo Ramon, no segundo tempo

O torcedor regatiano segue na bronca e preocupado com o CRB. Na noite desta terça-feira (2), em jogo válido pela quarta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Galo ficou no empate sem gols com o Sampaio Corrêa, resultado não estava nos planos do Alvirrubro, que segue sem vencer na competição. O duelo foi disputado no Estádio Rei Pelé, em Maceió.

Anselmo Ramon, do CRB, ainda se deu ao luxo de perder um pênalti, no segundo tempo. Com esse resultado, o Galo somou seu primeiro pontinho na Segundona, ficando, então, na 18ª colocação, ao menos por enquanto. E o Paiô, com 2 pontos, é o 16º colocado.

Nas duas rodadas anteriores, foram duas derrotas do CRB: para Atlético-GO, por 2 a 1, e Botafogo-SP, por 2 a 0. Lembrando que o CRB não jogou a 1 ª rodada, contra o Sport, pois a mesma foi adiada pela CBF.

Agora, pela Série B, o Galo volta a campo no próximo sábado (6), às 20h30, no mesmo Rei Pelé, onde encara o ABC-RN. E o Sampaio, no mesmo dia 6, no Castelão, em São Luís-MA, vai enfrentar o Juventude, às 18h15.

CRB x Sampaio Correa no Rei Pelé, pela Série B - Foto: Ailton Cruz

1° Tempo

O Sampaio começou indo para cima do CRB. Com 1 minuto, Vitinho deu uma caneta em Matheus Ribeiro, recebeu o passe de Neto Paraíba e cruzou fechado, mas Diogo Silva saiu e pegou, antes da chegada de Ytalo. Aos 3 minutos, a Bolívia chegou de novo. Na cobrança de falta, Marcinho bateu colocado, por cima da barreira, e Diogo Silva tirou, salvando o Galo.

O jogo passava dos 5 minutos e o CRB ainda não tinha chegado ao ataque. Quando tentou, aos 7min, Matheus Ribeiro levantou na área do Paiô e a defesa afastou. Aos 9', Romão chegou à linha de fundo, levantou na segunda trave e Mike deu um toque de cabeça para o meio da área, mas Anselmo Ramon, quando bateu, Luiz Daniel defendeu.

Aos 10min, o Sampaio perdeu um gol feito, com Ytalo. Após cruzamento de Vitinho pela esquerda, ele fechou na segunda trave e mandou por cima do travessão do CRB, perdendo a boa chance de abrir o placar. O jogo passava dos 15 minutos e seguia com o Galo tímido ofensivamente, o que preocupava a sua torcida.

Aos 19', em falta a favor do Sampaio, após jogada ensaiada, Vitinho recebeu na lateral da área e cruzou por baixo, mas Anderson Conceição tirou o perigo. O CRB, enfim, chegou aos 21min, quando fez uma boa jogada. Após triangulação, a bola sobrou para Renato, que bateu rasteiro e a redonda raspou o poste direito de Luiz Daniel.

O duelo passava dos 30 minutos e o placar seguia zerado, mas com o Sampaio pressionando o CRB, sendo mais perigoso e chegando mais pelas pontas. Isso deixava o técnico Umberto Louzer e os torcedores regatianos impacientes e preocupados no Rei Pelé. Inclusive, a torcida do Galo começou a vaiar a equipe.

O Sampaio chegou assustando aos 34 minutos. Marcinho achou Matheus Pivô livre, que cruzou rasteiro e Fábio Alemão cortou, antes de Ytalo chegar. O Paiô quase fez o gol aos 38min. Neto Paraíba recebeu frente a frente com Diogo Silva, tocou por baixo do goleiro e, de novo, Alemão tirou a bola em cima da linha.

O CRB respondeu com perigo aos 39min, quando João Paulo pegou a sobra na entrada da área e chutou de esquerda, vendo a bola passar tirando tinta da trave. Galo não funcionava do meio para a frente. E, após os 4 minutos acrescidos pelo árbitro, sem mais emoções, o 1º tempo foi encerrado aos 49 minutos. Detalhe: CRB foi vaiado quando ia para os vestiários.

Mais um momento do jogo CRB x Sampaio Correa - Foto: Ailton Cruz

2º Tempo

Na volta para a etapa final, os times entraram em campo com mudanças. O CRB fez logo duas, enquanto a Bolívia querida fez uma. O Galo chegou bem pela primeira vez aos 5 minutos, Renato cruzou e Anselmo Ramon mandou a cabeça na bola, mas ela passou tirando tinta da trave.

O CRB voltou indo para cima do Sampaio, pois precisava pontuar na Série B. Aos 8min, Anderson Conceição se mandou para o ataque, jogou na área do Paiô, mas a defesa cortou. Aos 9', de novo o Galo. Matheus Ribeiro recebeu no bico da grande área e arriscou o chute, ao invés de mandar para um companheiro mais bem colocado. Daí, acabou isolando a finalização.

Chegando aos 15 minutos, o Galo tinha conseguido equilibrar um pouco as ações, diferentemente do 1º tempo. Aos 14min, João Paulo cobrou uma falta para o Alvirrubro e houve um toque de mão do jogador tricolor. Assim, o lance foi para o VAR. Após verificação, o árbitro marcou o pênalti em favor do CRB.

Após muitas reclamações do pessoal do Sampaio, só aos 21 minutos que Anselmo Ramon cobrou, mas acabou perdendo a cobrança, para protestos e infelicidade da torcida regatiana. E eis que a partida passava dos 25 minutos. Aos 27', Fábio Alemão passou a linha do meio-campo, levantou na segunda trave boliviana e Marcos Ytalo tirou de cabeça.

Após falha gritante do sistema defensivo do CRB, o Sampaio quase abriu o placar. Aos 29 minutos, Neto Paraíba ficou com a bola na área e, cara a cara com Diogo Silva, mandou direto para fora, desperdiçando a boa chance de fazer o gol. Chegando aos 30 minutos, os treinadores fizeram mais mudanças em suas equipes.

Aos 33min, João Paulo pegou a sobra na entrada da área, chutou com força e a bola desviou. Em seguida, Copete tocou de ombro e ela se perdeu pela linha de fundo, sendo desperdiçada a chance de fazer o gol do Galo. O jogo passou a ficar chato, na reta final, sem aquele ímpeto inicial do segundo tempo.

Aos 40min, o CRB teve um escanteio em seu favor. David Braw cobrou na primeira trave, mas viu a defesa do Sampaio ceder mais um escanteio. De novo, Braw bateu e a defesa do Paiô afastou para a frente da área. Matheus Ribeiro tentou repor, mas a bola foi com força e foi direto pela linha de fundo.

O árbitro deu 10 minutos de acréscimos. O Galo ficou com um jogador a menos, pois Hyuri se machucou e não podia mais fazer substituições. O time regatiano tentou aos 48, quando David Braw bateu de perna canhota, de dentro da área do Sampaio, mas errou a finalização.

O Sampaio cozinhava o jogo e, aos 55 minutos, o duelo foi encerrado, com o empate decretado no Rei Pelé: CRB 0x0 Sampaio Corrêa. E haja vaia em cima do Galo por parte de sua torcida.

Anselmo Ramon perdeu um pênalti, no segundo tempo - Foto: Ailton Cruz

Ficha Técnica

CRB - Diogo Silva; Matheus Ribeiro, Anderson Conceição, Fábio Alemão e Guilherme Romão; Lucas Lima, Juninho Valoura (Rafael Longuine) e João Paulo (David Braw); Mike (Hyuri), Renato (Tata Baiano) e Anselmo Ramon (Copete). Técnico: Umberto Louzer.

Sampaio Corrêa - Luiz Daniel; Mateus Pivô (Marcos Ytalo), Gabriel Furtado, Gustavo Henrique e Fábio Aguiar; Luiz Otávio, Neto Paraíba (Rafael Vila) e Marcinho (Eloir); Pimentinha (Vinicius Alves), Vitinho e Ytalo (Matheus Martins). Técnico: Evaristo Piza.

Árbitro - Douglas Marques das Flores (CBF/SP).

Assistentes - Daniel Luis Marques (CBF/SP) e Leandro Matos Feitosa (CBF/SP).

Quarto árbitro - Rafael Carlos Salgueiro Lima (CBF/AL).

VAR - Marcio Henrique de Gois (CBF/SP).

Assistente de VAR - Johnny Barros de Oliveira (CBF/SC).

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p