Dólar

-0,11% R$ 5,07

Euro

-0,34% R$ 5,53

BitCoin

-0,15% R$ 116884,83

Ibovespa

-0,08% R$ 114177,55

Presidente da ABAP/AL destaca bom momento do mercado publicitário

Gustavo Moreno diz que, em todo o Estado, há mais de 100 agências de propaganda na ativa

No domingo, 4, foi comemorado o Dia Mundial da Propaganda. E, diferente do cenário de outras áreas que se encontram saturadas, os publicitários, que têm a criatividade como matéria-prima, fazem questão de comemorar a data. Afinal, como já diz o famoso ditado: “A propaganda é a alma do negócio”.

Os profissionais que trabalham neste ramo exploram a criatividade e a informação como “armas” para conseguir conquistar os clientes finais (consumidores) a comprarem os produtos, serviços e imagens que estão a vender.

Em Alagoas, o mercado está superaquecido, segundo profissionais da área. “O mercado está bom. A propaganda é uma ferramenta utilizada pelos grandes e médios anunciantes. A cada dia eles têm a consciência da importância da publicidade, então, o mercado vai bem no Estado”, disse o presidente da Associação Brasileira de Agências Publicitárias de Alagoas (ABAP/AL), Gustavo Moreno.

Moreno acrescentou, ainda, que o período pandêmico não afetou o mercado publicitário no Estado, diferente de outros ramos, que sofreram com o impacto do coronavírus na economia. Em Alagoas, há mais de 100 agências publicitárias na ativa.

“Mesmo na pandemia, a publicidade foi muito acionada. Só tomamos cuidado no que ia ser vendido. Não havia divulgação com um clima festivo”, pontuou.

Em todas as profissões há desafios e Moreno diz que, na publicidade, não poderia ser diferente. Na publicidade, o desafio é fazer com que pequenas, e, principalmente, médias e grandes empresas entendam a importância da propaganda para vender seus produtos. Os empreendimentos também precisam conhecer todo o seu segmento, para que a venda ocorra de maneira correta, e que haja um retorno positivo para o anunciante, segundo Gustavo Moreno.

“O desafio é que nas grandes e médias empresas, muitos não não entendem a publicidade. Acham que não precisam disso, mas, isso é um erro. Propaganda tem que ser vista como investimento, e não como um gasto”, completou.

Moreno continua informando que em Alagoas a propaganda acontece com mais fermento na televisão. “No Estado, a TV continua sendo o veículo da grande massa, como o rádio também. Em Alagoas, grande parte da população ainda não tem acesso a internet”, explicou.

“No Estado, não há um desafio grande para fazer propaganda. O público aceita bem o trabalho. Só credito que os anunciantes devem ser atentar ao seu segmento”, reiterou.

A propaganda é muito importante para a economia, pois incentiva a competição entre as empresas, que buscam criar sempre produtos e serviços mais apelativos para o consumo. Atualmente, a propaganda pode ser aplicada em diversos meios de comunicação, como a televisão, o rádio, os jornais, a internet, etc.