Mônica Martelli diz que “sentiu” Paulo Gustavo em filme sobre o amigo

Atriz fez declaração emocionante após o lançamento de Filho da Mãe, documentário com imagens inéditas de Paulo Gustavo

Mônica Martelli se emocionou ao assistir ao documentário Filho da Mãe, com imagens inéditas de Paulo Gustavo, e publicou uma declaração emocionante ao amigo, que morreu em maio de 2021 vítima da Covid-19.

“Fiz um post ontem perguntando: ‘Quem você gostaria que andasse com você lado a lado?’. Uma dessas pessoas com certeza seria Paulo Gustavo. Que falta ele faz na minha vida”, desabafou a atriz.

“Sempre ao meu lado, com suas opiniões certeiras, aquela gargalhada deliciosa e contagiante, as inúmeras ligações por dia para falarmos dos projetos, ideias, viagens, amores”, prosseguiu ela.

“Ontem aconteceu a pré-estreia de Filho da Mãe, documentário da turnê que ele fez em homenagem à sua mãe, Dea. Ali você vê muito mais. A trajetória da vida dele é mostrada de forma emocionante e hilária. Pude sentir Paulo Gustavo ao meu lado por mais um momento. Ainda é inacreditável!”, declarou.