Mãe pega carona na fama de Gil e vira influencer: "Me acostumando"

Com mais de 300 mil seguidores em rede social, Jacira Santana disse que se inspira na apresentadora Ana Maria Braga. 'Tenho maior amor por ela', afirmou ao G1

A temporada na casa do Big Brother Brasil de 2021 deu fama ao economista pernambucano Gilberto Nogueira, o Gil do Vigor, e também mudou a vida da mãe dele. Com mais de 300 mil seguidores em uma rede social, a estudante de gastronomia Jacira Santana foi chamada por 40 empresas para participar de campanhas publicitárias.

O filho de Jacira é dos participantes mais queridos pelo público. Gil do Vigor deixou o programa em quarto lugar e marcou a edição por suas "cachorradas" e pelo orgulho com que falava de Pernambuco e das cidades de Paulista, onde mora, e Jaboatão dos Guararapes, onde nasceu, no Grande Recife.

Gil do Vigor apoia a trajetória a mãe como influenciadora digital. "Ele quer que eu continue. Diz: 'Aproveite'. Não tenho expectativa, estou deixando acontecer. Feito a música de Zeca Pagodinho. Deixa a vida me levar", disse.

Quando o economista deixou a casa do BBB, a “mainha” dele já colecionava milhares de seguidores e vinha recebendo convites para apresentar máquina de lavar e secar, televisão, geladeira e sofá. Jacira também participou da campanha de Dia das Mães do Shopping RioMar, um dos maiores do estado.

Enquanto o filho ainda estava confinado, Jacira também foi entrevistada por Fátima Bernardes, no Encontro, e cozinhou por vídeo chamada com a apresentadora Ana Maria Braga, no Mais Você. Apaixonada por gastronomia, ela quer trabalhar mostrando receitas na internet.

"É bom, é maravilhoso, mas é muito novo pra mim. Ainda estou me acostumando com essa nova realidade. Quero fazer vídeos de comida, receitas. Uma pessoa que eu admiro na televisão é Ana Maria Braga. Ela é minha musa inspiradora. Tenho o maior amor por ela", revelou.

Depois que o filho entrou no BBB, Jacira precisou aprender a lidar com as redes sociais. Responder seguidores, puxar mutirões e se posicionar quando era preciso, especialmente para defender o filho. Por causa da grande procura das marcas, ela já precisou contratar duas pessoas.

"Não sabia nada e tive muita ajuda de pessoas maravilhosas que foram me orientando. Já precisei contratar duas pessoas. Um tira as fotos, faz os vídeos e edita. A outra entra em contato com as empresas, faz minha agenda. Ontem mesmo, a gente fez dez publicações nos stories", disse.

Nesse tempo trabalhando com publicidade, o período mais movimentado foi o de campanhas de Dia das Mães. "Em todo o período que eu estou foram 40 empresas. Muitas foram para a Semana das Mães e Dia das Mães", observou.

Jacira, que também é mãe de Juliana e Janielle, contou que está conseguindo ajudar as filhas. "Até elas eu já estou começando a ajudar. Antes, não tinha essa possibilidade. Todos estão achando legal. Para uma filha, consegui um fogão e para a outra um depurador de ar", contou.

O mais legal da fama, para ela, é o carinho das pessoas. "Estou tendo muito carinho, muita mensagem, muito apoio. O povo vem com muito amor, muita aceitação. Isso é o mais importante pra mim. É o que dá gás para a gente continuar".

Gil do Vigor

Durante sua passagem pelo Big Brother Brasil, que terminou na terça-feira (4), Gilberto falou, diversas vezes, sobre as dificuldades de levar os estudos adiante, sendo pobre e morando na Região Metropolitana do Recife. Enquanto estava confinado, ele passou em três seleções de PhD nos Estados Unidos.

"A gente precisa deixar as pessoas com condições iguais para renderem melhor, para aprenderem mais, para absorver o ensino. Porque a educação é a única forma que o brasileiro pobre tem de tentar mudar de vida. Porque as chances são mínimas", afirmou o doutorando em Economia, em entrevista ao NE1 da terça (4).