Atriz de American Pie, Mena Suvari revela estupro aos 12 anos: “Parte de mim morreu”

Mena Suvari contou que tudo começou na 6ª série, quando ela foi estuprada por um amigo de seu irmão mais velho

Mena Suvari, atriz de American Pie, revelou em um trecho do livro The Great Peace: A Memoir, divulgado pela revista People nesta quarta-feira (21/7), que foi vítima de abusos sexuais na adolescência.

Agora com 42 anos, Suvari contou que tudo começou na 6ª série, quando ela foi estuprada por um amigo de seu irmão mais velho, a quem ela chama apenas de “KJ”. Na época, ela havia acabado de se mudar para Charleston, Carolina do Sul (EUA).

“Eu estava tentando me encaixar”, lembrou no livro. Foi quando KJ começou a persegui-la: “Não, eu não quero fazer isso”, ela se lembra de ter dito. Um dia, quando estava prestes a completar 13 anos, o amigo de seu irmão a estuprou.

“Parte de mim, morreu naquele dia. Ele me usou, se divertiu comigo e depois se livrou de mim. Ele me chamou de puta. Nunca consegui ter uma expressão saudável de [sexo]. Minha escolha foi perdida”, pontuou.

Após o estupro e uma série de problemas na família, Suvari começou a usar drogas pesadas para “anestesiar a dor”. “Procurei qualquer forma de automedicação que encontrei, apenas para sobreviver”, disse ela. “Eu só estava tentando sobreviver”, argumentou a atriz.