Influencers viram rés por darem banana e macaco de pelúcia a crianças

Kérollen Cunha e Nancy Gonçalves responderão por injúria racial após vídeos onde elas dão bananas e um macaco de pelúcia a crianças negras

As influenciadoras Kérollen Cunha e Nancy Gonçalves viraram rés em um processo por injúria racial. Mãe e filha são investigadas, desde o ano passado, pela Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), após postarem vídeos onde elas dão bananas e um macaco de pelúcia para crianças negras.

A juíza titular da 1ª Vara Criminal da Comarca de São Gonçalo, Simone de Faria Ferraz, aceitou a denúncia do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) contra as influenciadoras, no caso do macaco. Há outros três processos em andamento.

O caso veio à tona em novembro de 2023, quando a advogada Fayda Belo, especialista em direito antidiscriminatório, denunciou os vídeos – já apagados dos canais – para a Decradi. A delegacia, então, indiciou as mulheres e o MPRJ ofereceu denúncia à Justiça no último dia 20.

Leia a matéria completa em Metrópoles.com

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p