BBB22: médicos avaliam o que fazer caso brothers estejam com Covid

A Globo decidiu testar os participantes na tarde desta quinta (3/2) após Vyni apresentar sintomas gripais dentro do programa

O único assunto que se falou na web nos últimos dias foi a possibilidade de algum brother do BBB22 estar com Covid-19. O debate começou logo após Luciano Estevan deixar o programa e, dois dias depois, testar positivo para a doença. Em seguida, Viny apresentou uma tosse persistente, um dos primeiros sintomas do coronavírus.

Após sofrer críticas na web pela falta de transparência com os testes de Covid-19 dos participantes, a Globo anunciou, nesta quinta-feira (3/2), que todos os brothers passariam por testes e os resultados seriam divulgados. Ainda nesta quinta, eles foram chamados ao confessionário para participar do exame do tipo PCR.

“Assim como na edição do ano passado, por precaução e seguindo nossos rígidos protocolos de segurança, todos os participantes serão testados, com os respectivos resultados divulgados”, diz a nota enviada pela Globo. “Todas as medidas e cuidados foram adotados com a mesma responsabilidade que permitiu que as duas últimas edições do programa fossem concluídas com segurança e sucesso. A saúde de todos sempre foi a nossa prioridade”, finaliza a emissora.

Logo que retornou do confessionário, Jade Picon falou: “Se preparem, tá? Fui achando que eu ia ser consultada e na verdade enfiaram dois cotonetes em cada nariz meu. Nossa, que horrível”. “Ah, teste de Covid”, disse Maria. “Estou com medo agora porque fui o único aqui com sintomas de gripe”, comentou Vyni, que vinha apresentando uma tosse persistente há dias.

Já fora da casa, a internet levantou um debate sobre o que aconteceria caso algum participante testasse positivo para a doença: ele vai deixar a casa? Será isolado? Então, todo mundo está com Covid? E se alguém passar mal? De acordo com médicas especialistas no assunto, no entanto, a resposta é bem simples: isolamento social (mesmo que eles já estejam isolados do resto do mundo).

A infectologista Ana Helena Germoglio lembrou que, o fato de todos estarem juntos, não significa que todos estejam com Covid. Ela pontuou que, neste momento, é importante considerar fatores imunológicos.

“O fato deles estarem juntos não significa que todos estarão com Covid, mas é altíssima a probabilidade, já que eles não usam máscaras, compartilham copos e talheres, dormem no mesmo quarto. Isso vai depender de vários fatores imunológicos, inclusive se estão vacinados ou não”, explicou ao Metrópoles.

Já Juliana Lapa, também do mesmo ramo de Ana Helena, concordou que não há como saber se todos estarão com coronavírus caso alguém tenha testado positivo. “Não é 100%. Às vezes casais, que dormem juntos, um pega e o outro não”, comentou, que também lembrou sobre a alta transmissibilidade da variante Ômicron.

Mas, o que fazer?

Ana Helena afirmou que, caso alguém dê positivo, ele precisa ser isolado e acompanhado de imediato. “Se algum deles testar positivo, não necessariamente a pessoa precisa sair do programa, mas precisa ser isolada, até para não contaminar os outros”.

Ela ainda comentou sobre o grupo da Xepa do programa, e disse que os doentes não deveriam ter uma alimentação restrita: “Precisa ser isolado e acompanhado. Tem um grupo que tem restrição de comida, que não é o ideal de acontecer com uma pessoa que está doente”. “O ideal é que não teste somente para Covid, mas para influenza também”, completou.

A Globo ainda não anunciou quando vai divulgar os resultados dos testes de Covid-19 dos participantes, e também não especificou se também foram feitos exames para a influenza.

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p