A influência dos franceses na cultura do entretenimento

Um dos jogos de cassino mais aclamados no mundo, a roleta foi projetada na França, por exemplo

Poucos povos foram tão influentes na indústria do entretenimento ocidental como os franceses. Afinal, por meio de suas ações e inovações, eles proporcionaram invenções excepcionais e ajudaram a transformar o mundo nos quesitos imersão e diversão.

Desta maneira, não há muitas dúvidas que dois dos setores mais influenciados pelos franceses na indústria do entretenimento foram os cassinos, através da invenção do clássico jogo da roleta que contribuiu para a expansão do setor, assim como o cinema, com a primeira produção e exibição cinematográfica ao público.

Um dos jogos de cassino mais aclamados no mundo, a roleta foi projetada na França. - Foto: Reprodução

Jogo da roleta

Um dos jogos de cassino mais aclamados no mundo, a roleta foi projetada na França. Curiosamente, ela surgiu de maneira acidental, no século XVII, por influência do físico e matemático Blaise Pascal (1623-1662), que tentava criar uma máquina de movimento perpétuo. Algo que, de acordo com as leis da física, é impossível.

Sendo assim, foi o seu fascínio pelo movimento perpétuo que acabou dando origem ao primeiro protótipo da roleta. Contudo, o jogo como conhecemos atualmente apareceu pela primeira vez em Paris, em 1796.

Nos séculos seguintes, a roleta se espalhou pelos salões de jogos da Europa e ganhou ainda mais força quando caiu no gosto do mercado norte-americano de cassinos, em meados do século XX.

Já nos últimos anos, com a entrada das plataformas de cassino online no mercado, o jogo francês ganhou novos ares junto às novas gerações na internet. Atualmente, há várias versões da roleta online nas plataformas especializadas, que vão além dos moldes tradicionais, como Mega Roulette, Football Roullete, Speed Roullete a até mesmo a Roleta Brasileira.

No cenário contemporâneo, um dos grandes trunfos das roletas digitais é o nível de imersão apresentado. Tomando como exemplo a Roleta Brasileira, assim como nas outras versões mencionadas anteriormente, os usuários podem jogar via streaming de vídeo e com a presença de um crupiê à distância, em tempo real.

A tradição do cinema francês se manteve firme nas décadas seguintes, com destaque para o famoso movimento cinematográfico Nouvelle Vague. - Foto: Reprodução

Cinema

Considerado por muitos como uma das maiores invenções da história do entretenimento, o cinema nasceu por grande influência dos irmãos Auguste Lumière (1862-1954) e Louis Lumière (1864-1948). Ambos franceses, os irmãos Lumière aperfeiçoaram o cinetoscópio do inglês William Kennedy Laurie Dickson (1860-1935) e deram origem ao cinematógrafo Lumière.

Patenteado pelos famosos irmãos em 1895, o cinematógrafo Lumière utilizava filmes de 35 mm de largura a uma velocidade de 16 quadros por segundo. Foi assim, em 28 de dezembro de 1895, no Grand Café de Paris, que ocorreu a primeira exibição de um filme com cobrança de ingressos ao público.

Dessa maneira, 33 pagantes tiveram a oportunidade de conferir in loco a exibição do clássico “A Saída da Fábrica Lumière em Lyon”, produção dos irmãos Lumière que foi responsável por dar o pontapé inicial a uma nova era do entretenimento global.

Vale ressaltar que a tradição do cinema francês se manteve firme nas décadas seguintes, com destaque para o famoso movimento cinematográfico Nouvelle Vague (Nova Onda, em português).

Nascido no final dos anos 1950, esse movimento trouxe novos ares para o cinema europeu e surgiu em resposta à rica indústria de cinema estadunidense. Além de ter inserido propostas inovadoras para o segmento, a “Nouvelle Vague” revelou para o mundo artistas de grande talento, como a exemplo de Jean-Louis Trintignant (1930-2022), um dos maiores atores da França.

, plataformas de streaming como Netflix, Globoplay, Oldflix, Amazon Prime Video e Mubi são as que mais proporcionam alternativas cinematográficas do país - Foto: Reprodução

Onde assistir o melhor do cinema francês no streaming brasileiro?

Felizmente, graças à evolução tecnológica e consequente popularização da internet que possibilitaram o crescimento das plataformas de streaming nos últimos anos, o que não faltam são ferramentas para conferir o melhor do cinema francês a qualquer momento.

Dessa forma, plataformas de streaming como Netflix, Globoplay, Oldflix, Amazon Prime Video e Mubi são as que mais proporcionam alternativas cinematográficas do país europeu aos seus respectivos assinantes no Brasil. Uma dica imperdível para os amantes do cinema francês é assistir o documentário “Lumière! A Aventura Começa” (2016).

Disponível para os assinantes do Globoplay, essa produção de 90 minutos traz trechos restaurados de 114 filmes dos irmãos Lumière, assim como analisa o legado da dupla para a indústria cinematográfica como um todo.