Dourado das medalhas ganha espaço no make do inverno

Vantagem da cor é que ela é coringa para os diversos tons de pele

A opulência e o glamour do ouro não precisam estar apenas na medalha dos campeões, ou no pescoço (ou orelha ou dedos) dos fãs de acessórios. Tem lugar para eles no rosto também, graças à maquiagem, que nos permite brincar com a cor que tem tudo a ver com a Olimpíada.
Muito usado no início dos anos 90, o brilho dourado volta com tudo neste inverno para iluminar peles dos mais variados tons, das mais claras às mais escuras.
- Uma das vantagens do ouro é que ele é coringa - diz o maquiador Marcos Costa, que assina a concepção e beleza desse ensaio. - Ele pode ser combinado com cores frias e fica lindo. Pense num blush rosa com gloss dourado, ou um delineador brilhando com um batom pink. Supermoderno.
Para as menos ousadas, os famigerados preto e marrom também funcionam com maestria nessa mistura.

Imperial: boca contornada de preto no centro do lábio inferior - Foto: FOTO: Edu Delfim

- As duas cores esfumadas e com um toque dourado, seja na sombra, no blush puxado para o bronze ou na sombra, fazem um look clássico - diz Marcos.
E chique, claro.