Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > CIÊNCIA E SAÚDE

COVID: especialista alerta para a baixa cobertura vacinal infantil

Capital registra apenas 1,94% de crianças entre 6 meses a menores de 5 anos vacinadas contra a doença


				
					COVID: especialista alerta para a baixa cobertura vacinal infantil
Crianças de 6 meses a menores de 5 anos atingiram somente 1,94% de imunização completa. Ascom SMS

Atualmente, Maceió registra 72,18% da população totalmente vacinada contra a Covid-19. No entanto, a capital ainda aponta para a baixa procura pelo imunizante entre o público infantil.

Segundo dados recentes da Coordenação Técnica de Imunização de Maceió, desde a vigência da campanha, iniciada em 2023 para esse público, crianças de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), atingiram somente 1,94% de imunização completa. Destes, apenas 16,98% tomaram a primeira dose e 8,48% a segunda. A meta do Ministério da Saúde é vacinar, ao menos, 90% das crianças dessa idade, que corresponde a 52.023.

Leia também

Outra faixa etária preocupante é das crianças de 5 a 11 anos. O vacinômetro registrou apenas 40,54% desde público infantil vacinado com a primeira e segunda dose.

Em relação à incidência da doença, de acordo com o último Boletim Mensal dos Casos de Covid-19 em Maceió, foram confirmados 630 diagnósticos em crianças menores de um ano e 2.903 casos na faixa etária de 1 a 9 anos, em 2024.

Infectologista faz alerta

O médico infectologista do Município, Renee Oliveira, reforçou a importância da vacinação infantil contra a Covid-19, visto que a baixa procura pelo imunizante ainda é uma realidade na capital.

“Vacinar as crianças contra a Covid-19 continua sendo algo muito importante, considerando que o vírus da doença continua circulando em nosso meio. Crianças menores de 1 ano até 4 anos de idade, quando pegam a Covid-19, o risco de morte é muito elevado”, afirmou.

“O vírus da Covid-19 está entre os três principais que causam o que chamamos de Síndrome Respiratória Aguda Grave, crianças que entram nas UTIs com quadros de doenças respiratórias graves, muitas vezes estão com o vírus da Covid-19. É importante considerar também que as crianças são uma fonte de transmissão para seus familiares dentro de suas casas e, da mesma forma que o adulto, a criança pode se encaminhar para a Covid Longa, na qual os pacientes têm uma gama de sintomas, mesmo depois de se recuperarem dos estágios iniciais da infecção”, complementou o infectologista.

Documentação necessária

Para vacinar esse público, é necessário que as crianças estejam acompanhadas dos pais. Caso a criança esteja acompanhada de outro responsável é necessário que o pai e a mãe preencham o Termo de Assentimento para vacinação infantil, que fica retido no ato de vacinação + cópia do documento de identificação do pai ou mãe, o qual ficará retido no ato de vacinação.

Os responsáveis devem apresentar o próprio documento de identificação com foto e documentação da criança, que deve ser RG ou Certidão de Nascimento, Caderneta de Vacinação e CPF ou Cartão SUS.

Locais disponíveis para vacinação

Maceió Shopping (Mangabeiras) - Segunda a sábado - 9h às 21h;

II Centro de Saúde Diógenes Jucá Bernardes (Praça da Maravilha) - Segunda a sexta - 8h às 17h;

Unidade de Saúde (US) Osvaldo Brandão Vilela (Ponta da Terra) - Segunda a sexta - 8h às 20h30;

US Durval Cortez (Prado) - Segunda a sexta - 8h às 20h30;

US Roland Simon (Vergel) - Segunda a sexta - 8h às 20h30;

US Pitanguinha - Segunda a sexta - 8h às 20h30;

US Antônio de Pádua (Petrópolis) - Segunda a sexta - 8h às 20h30;

US João Sampaio (Conjunto João Sampaio) - Segunda a sexta - 8h às 20h30;

US José Guedes de Farias (Santa Amélia) - Segunda a sexta - 8h às 20h30;

US Geraldo Melo (Bom Parto - base de apoio) - Segunda a sexta - 8h às 19h30;

Espaço Flexal - Segunda a sexta - 8h às 14h;

US José Tenório - Segunda a sexta - 8h às 20h30;

US João Paulo II (Jacintinho) - Segunda a sexta - 8h às 16h30;

US Aliomar Lins (Benedito Bentes) - Segunda a sexta - 8h às 19h;

US Arthur Ramos (Conjunto Henrique Equelman) - Segunda a sexta - 8h às 16h30;

US Caetés (Parque dos Caetés) - Segunda a sexta - 8h às 16h;

Shopping Pátio (Cidade Universitária) - Segunda a sábado - 13h às 21h e domingo - 12h às 19h;

US Tereza Barbosa (Eustáquio Gomes) - Segunda a sexta - 8h às 20h30;

URS Ib Gatto Falcão (Tabuleiro do Martins) - Segunda a sexta - 8h às 17h30;

UDA UFAL Gilberto de Macedo (Village Campestre) - Segunda a sexta - 8h às15h30;

Clínica da Família Village Campestre II - Segunda a sexta - 8h às 17h;

US Maria da Conceição Paranhos (Jacarecica) - Segunda a sexta - 8h às 20h30;

Saúde da Gente - Segunda a sábado - 8h às 20h.

*Com assessoria

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas