Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > BRASIL

Vítima retirou medidas protetivas 15 dias antes de ser morta pelo ex

Daniella Di Lorena Pelaes de Almeida, 46, foi assassinada a facadas pelo ex-marido, no sábado (25/5)


				
					Vítima retirou medidas protetivas 15 dias antes de ser morta pelo ex
Vítima já havia registrado ocorrências contra Janilson por ameaça e violência doméstica. Foto: Arquivo pessoal/Reprodução

Daniella Lorena Pelaes de Almeida foi morta a facadas, aos 46 anos, 15 dias após retirar a medida protetiva que tinha contra o ex-companheiro Janilson Quadros de Almeida, 37 anos. O crime aconteceu no último sábado (25/6), na residência da vítima, no Jardim Botânico.

Preso em flagrante após matar a ex-companheira, o feminicida teve a prisão convertida em preventiva após passar por uma audiência de custódia no domingo (26/5). Ele está internado desde que tentou se matar, após cometer o crime.

Leia também

A vítima já havia registrado ocorrências contra Janilson por ameaça e violência doméstica antes de ser assassinada em casa. Em uma denúncia registrada por Daniella, em 27 de março último, ela chegou a relatar que o agressor prometeu que “iria matá-la”.

Leia a matéria completa em Metrópoles.com

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas