Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > BRASIL

Quem era o policial do Bope morto em operação na Maré

Flamenguista de coração, o policial costumava postar fotos de momentos com a esposa e o filho caçula


				
					Quem era o policial do Bope morto em operação na Maré
Jorge Henrique Galdino Cruz, que morreu, tinha 32 anos e deixa três filhos.. Redes sociais

Um policial morreu e outro ficou gravemente ferido ao serem baleados durante uma operação no Complexo da Maré, nesta terça-feira (11). Como resultado, a operação teve mais de 20 suspeitos presos.

Jorge Henrique Galdino Cruz, que morreu, tinha 32 anos e deixa três filhos. O sargento era do Batalhão de Operações Especiais e morava em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio.

Leia também

Flamenguista de coração, o policial costumava postar fotos de momentos com a esposa e o filho caçula. Ele e a mulher eram casados desde 2012, quase o mesmo tempo que ele tinha na corporação, que ele ingressou em 2011.

Além dele, um outro policial também se feriu. Ambos foram socorridos e levados para o Hospital Federal de Bonsucesso. O segundo policial foi submetido a uma cirurgia e o quadro de saúde era estável, mas o quadro inspirava cuidado e ele precisava de doações de sangue.

Eles estavam juntos na operação e buscavam encontrar esconderijos dos chefes do tráfico quando foram atacados a tiros pelos criminosos.

Em nota, a corporação expressou seu pesar e se solidarizou com os familiares e amigos. Colegas de farda do Bope fizeram um vídeo em homenagem a ele. No post, os policiais lembraram que ele entrou na tropa de elite em 2019 e se formou no curso especial em 2023.

"O Jota, como carinhosamente era chamado, deixará um vazio enorme nos corações de todos que puderam compartilhar da sua amizade e camaradagem. Nosso irmão jamais será esquecido e seus feitos serão eternamente lembrados", diz o post.

O velório do policial será no cemitério Jardim da Saudade de Sulacap, a partir das 13h30. O sepultamento está marcado para as 15h30.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas

X