Mulher forja o próprio sequestro e usa o filho para pedir resgate ao marido, diz polícia

Ela foi encontrada por policiais na praça de alimentação de um shopping, acompanhada da criança

Uma mulher foi presa em flagrante em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, acusada de forjar o próprio sequestro e do filho, de 3 anos de idade. Segundo a polícia, Raimunda Souza, de 43 anos, disse ao marido que ia levar a criança a uma consulta médica.

Horas depois, ela mandou mensagens para o homem afirmando que havia sido sequestrada e que os criminosos queriam R$ 70 mil pelo resgate.

Para dar mais credibilidade à história, ela colocou a criança chorando no telefone falando com o pai. O marido entrou em contato com a Delegacia Antissequestro (DAS), que descobriu que não havia consulta e os dois estavam dentro de um shopping.

“Nós fizemos as diligências dentro do shopping e, por volta das 18h, nós a encontramos com a criança na praça de alimentação. Sem nenhum tipo de sequestro, sem estar ameaçada. Ela estava tranquilamente sentada com a criança”, disse o delegado Cláudio Góis, responsável pelo caso.

Na delegacia, ela confessou o crime.

“Nós a conduzimos até a delegacia e ela relatou que estava devendo dinheiro, tinha uma dívida muito grande em cartão de crédito, estava devendo a agiotas e teve a ideia de usar a ela e o filho para tirar o dinheiro do marido e quitar a dívida”, afirmou Góis.

Raimunda foi presa e, como a criança ainda está amamentando, ela vai responder pelo crime de extorsão.