Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > BRASIL

Guaíba fica estável, mas em nível elevado; Porto Alegre planeja limpeza

Prefeitura fará contratações emergenciais de equipamentos e diz que precisa de ajuda voluntária


				
					Guaíba fica estável, mas em nível elevado; Porto Alegre planeja limpeza
Homem se desloca em meio a rua alagada em Porto Alegre. Anselmo Cunha/ AFP

Os cenários atuais indicam a estabilização em nível elevado do lago Guaíba, em Porto Alegre (RS), que subiu quase meio metro na terça-feira (14) e ficou estável na madrugada desta quarta (15). O nível atual é de 5,19 metros.

Segundo o IPH (Instituto de Pesquisas Hidráulicas da UFRGS

Leia também

(Universidade Federal do Rio Grande do Sul), o nível do lago deve diminuir lentamente nos próximos dias, ficando acima dos 4 metros durante a semana.

A situação pode ser prolongada, dependendo do volume das chuvas.

O pico até o momento foi registrado há uma semana, quando o lago subiu para a faixa de 5,3 metros.

O IPH recomenda a manutenção de atenção às áreas de risco, mesmo onde houve redução da inundação, e ações imediatas para restabelecimento da infraestrutura e manutenção de serviços essenciais como o saneamento básico.

Apesar de o lago estar acima da cota de inundação (3 metros no Centro), a Prefeitura de Porto Alegre planeja a limpeza da cidade. Em uma primeira etapa, os trabalhos serão realizados nos 21 bairros mais atingidos pela enchente e incluirão raspagem e remoção de terra e lodo, lavagem das ruas e avenidas, recolhimento de resíduos e entulhos como móveis inutilizados pelas águas.

Vinte equipes começarão a limpeza, à medida que as águas baixarem. A previsão é de contratação emergencial de 55 equipamentos, entre caminhões, carretas, pás carregadeiras e escavadeiras hidráulicas.

A prefeitura informou, em postagem nas redes sociais, que vai precisar de equipamentos e ajuda voluntária, além da estrutura e equipes própria.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas