Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > BRASIL

Caso Marielle: Moraes mantém prisão do delegado Rivaldo Barbosa

O ex-chefe da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro está preso preventivamente


				
					Caso Marielle: Moraes mantém prisão do delegado Rivaldo Barbosa
A defesa, além de discordar dos motivos que levaram à prisão, citou pontos relacionados à condição de saúde do ex-chefe da PCERJ.. Fernando Frazão/Agência Brasil

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou, nesta sexta-feira (17/5), pedido de soltura apresentado pela defesa de Rivaldo Barbosa de Araújo. O ex-chefe da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro está preso preventivamente por envolvimento na morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

A defesa, além de discordar dos motivos que levaram à prisão, citou pontos relacionados à condição de saúde do ex-chefe da PCERJ. A Procuradoria-Geral da República, no entanto, afirmou, em manifestação que “não há comprovação documental de seu estado clínico e da necessidade de intervenção médica que a unidade prisional não seja capaz de oferecer”.

Leia também

O PGR, Paulo Gonet Branco, ainda defendeu o envio de ofício à Secretaria de Administração Penitenciária para que “realize a avaliação do seu estado atual de saúde, atestando eventual necessidade de cuidados específicos e continuados, mediante a elaboração de relatório médico detalhado”. Moraes atendeu a demanda e deu prazo de 48 horas para cumprimento.

Saiba mais no site Metrópoles, clicando aqui.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas