Imagem
Menu lateral
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > BRASIL

Adotado por padre, cachorro Jhonny participa de missas e encanta fiéis

Resgatado em 2021, animal se juntou aos outros 15 cães que pároco cuida e ganhou de fiel roupa de coroinha.


				
					Adotado por padre, cachorro Jhonny participa de missas e encanta fiéis
CÃOroinha Jhonny foi adotado há três anos pelo padre Luiz Paulo Soares. Paróquia Santa Ana e São Joaquim

Um cachorro da raça Foxhound-americano virou atração entre os fiéis que frequentam a missa na Paróquia Santa Ana e São Joaquim, em Barretos (SP).

O CÃOroinha Jhonny foi adotado há três anos pelo padre Luiz Paulo Soares e, desde então, se tornou o maior frequentador da igreja. Até roupa de coroinha ele ganhou.

Leia também

"Ele está sempre durante as missas, pode ser que ele, às vezes, chegue um pouquinho atrasado, saia um poquinho antes, mas em todas as missas ele está presente", conta o padre.

Entre o altar, a sala de confissão e o espaço entre os bancos, Jhonny procura por carinho e os fiéis adoram a presença do cãozinho.

Depois de adotar o Jhonny, em dezembro de 2021, o padre notou que o cachorro gostava muito de andar e sempre deixou ele livre.

Durante o dia, o animal anda pela ruas próximas a igreja, mas, assim que o sino toca e a missa começa, já corre para o compromisso mais importante: acompanhar a missa.

Para o padre, dividir a atenção com Jhonny é uma alegria e deixa tudo mais leve, além de deixar os fiéis mais confortáveis.

Nos raros dias que o CÃOroinha não aparece, as pessoas perguntam por ele, mas com a certeza de que, na próxima missa, ele estará por ali pedindo carinho.

"Quando toca o sino, ele sai disparado e sai disparado mesmo de dentro da casa. Tocou o sino, ele já começa a chorar, começa querer correr e vem disparado".

Maria de Lourdes frequenta a Paróquia Santa Ana e São Joaquim há 24 anos e conta que é gratificante dividir o espaço com o animal.

"Ele é como se fosse um coroinha pra gente aqui, ele frequenta muito, está sempre no altar, sempre dividindo o espaço com a gente, com as crianças também".

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na App Store

Relacionadas